Drogas licitas na adolescencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3064 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]










































Primavera do Leste- MT
2012













































Drogas licitas na Adolescência
(Projeto de Intervenção)











































APRESENTAÇÂO


Este projeto abordaa temática da influência das drogas lícitas, especialmente o álcool e o tabagismo, no percurso educativo do educando. O mesmo busca identificar os fatores que levam os jovens ao uso dessas drogas, desenvolvido através de um diagnóstico, baseado em pesquisa de entrevista entre professores e alunos do programa, apontando que é comum o uso de drogas licitas por alunos, do Projovem/adolescentelocalizado no município de Campinápolis - MT. Em nosso contexto social, atualmente, o uso de drogas e o grande consumo de bebidas alcoólicas tem sido alvo de grandes preocupações. O problema assumiu contornos tão sérios, que o tema tem se alastra em todas as instâncias da sociedade: na família, na escola, nas religiões, nos poderes executivo, legislativo e judiciário. A droga não distingue sexo,raça, nível sócio-econômico e vem tornando-se o grande problema de saúde pública de nosso mundo globalizado. Deixa a todos: pais, professores, poder público, religiosos, profissionais de saúde, paralisados diante de seu poder junto a crianças e adolescentes. O jovem, ao tornar-se dependente químico, perde seu projeto de vida e o transforma em projeto de morte, perdendo sua identidade enquantocidadão. Aumentando ainda mais a gravidade da drogadição, identificamos relatar a sua relação com a Aids, com a violência, com o absenteísmo profissional e escolar. Realiza ao mesmo tempo uma reflexão a respeito da fundamentação sobre o tema apresentado, uma vez que se faz necessário uma apropriação do conhecimento teórico para a partir daí relacionar com a pratica cotidiana e só então partir parauma proposta interventiva com o objetivo de sensibilizar professores para a abordagem da questão, mobilização da opinião publica mediante campanhas de alerta, palestras e caminhadas de conscientização e facilitar às famílias a conversação com as crianças e jovens. Esta Proposta será desenvolvida no programa projovem com os alunos e com a participação de todos do CRAS (Centro de Referencia Social);professores, equipe técnica e gestora, e com a parceria entre família, escola e comunidade, no sentido de analisar as dificuldades encontradas por professores e familiares em busca de soluções para o problema detectado. Espera-se que ao final desta proposta interventiva que nossos jovens se conscientizem dos perigos do uso das drogas licitas tornando-se protagonistas de uma mensagem para umasociedade pensante, saudável e acima de tudo transformadora.





JUSTIFICATIVA



Este projeto surgiu Através do estagio Supervisionado I onde observei a necessidade de falar abertamente sobre os perigos e as consequência das drogas lícitas, especialmente o álcool e o tabagismo, em nossa comunidade em especial os adolescentes e jovens.
A adolescência se caracteriza como umprocesso gradativo de aquisição da identidade adulta, no qual o principal objetivo do adolescente é adquirir sua autonomia e independência. Do mesmo modo que a criança, esta identidade é desenvolvida através de uma co-ação, co-existência e co-experiência com as pessoas de seu mundo psico-sócio familiar. Nesse processo, portanto, incidirão fatores físicos, familiares e sociais que alterarãoradicalmente o pensamento e o comportamento do adolescente, que passará a ter características peculiares em função de todas as modificações necessárias, para que a independência do jovem se efetive.
Knobel (1981), atento a esta situação do adolescente como alguém que está em período de transição e numa situação na qual tem que reformular os conceitos a respeito de si mesmo, afirma que até a...
tracking img