Drenagem de aguas pluviais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Nº5

NOVEMBRO 2002

SISTEMAS DE DRENAGEM DE
ÁGUAS PLUVIAIS DE
COBERTURAS INCLINADAS

Susana Patrícia C.C.
Rocha Lobo

A monografia apresentada foi realizada no âmbito
da cadeira de Tecnologias da Construção de
Edifícios do 11º Mestrado em Construção do
Instituto Superior Técnico

1.INTRODUÇÃO
1.1. Necessidade básica de cobrir os edifícios
Proteger –se da água de precipitação é a primeiranecessidade do Homem frente à natureza. A forma
mais elementar de protecção consistia nuns quantos ramos e peles, elementos aos quais se acedia com
facilidade. Os materiais cerâmicos e o corte da pedra foram o passo seguinte através da pendente e da
sobreposição das peças, garantindo uma cobertura durável e capaz de conduzir as águas até aos pontos
mais baixos para sua recolha e evacuação.[1]

Fig.1 –Cobertura de colmo

Fig.2 – Cobertura em xisto

Esta monografia pretende abordar o tema das coberturas inclinadas sob o ponto de vista da concepção e
execução dos sistemas de drenagem.
Sistema de drenagem em coberturas significa receber e encaminhar as águas pluviais que correm
superficialmente na cobertura para o solo, a fim de proteger as pessoas que passam e o próprio edifício,
nomeadamente asparedes exteriores junto aos beirados, as últimas peças de revestimento da cobertura
e também o terreno e fundações.
Perante isto torna - se, então, necessário:
-

Conhecer o enquadramento do sistema de drenagem no funcionamento da cobertura e a sua
constituição.
Dimensionar os receptáculos para que sejam eficientes relativamente à quantidade de água que
recebem e escoam.

Assim, a fim de exploraras premissas acima referidas estruturou-se o trabalho em três partes. A primeira,
que pretende estudar os factores condicionantes e decisivos à necessidade de drenar coberturas
inclinadas, procurando perceber o funcionamento da cobertura inclinada e os efeitos bioclimáticos que
mais influem nesse funcionamento.
A segunda parte procura conhecer as regras de dimensionamento do sistema e as peças queo constitui,
a fim de se poder compatibilizar o sistema de drenagem com os diversos tipos de revestimento e
execução.
Por fim serão abordadas as patologias originadas pelo efeito da água no sistema drenagem.

1

1.2. Efeitos bioclimáticos como factor de decisão na escolha da cobertura de um edifício
Qualquer elemento construtivo constituinte, antes de ser belo ou feio tem que desempenhar empleno a
sua função e para tal é necessário conhecer as exigências a que tem de responder. No que diz respeito
às coberturas, as exigências de desempenho corrente referem-se ao conforto térmico e à estanqueidade.
Portanto, é necessário que qualquer solução a adoptar garanta não só a satisfação destas exigências,
mas também possibilite a preservação a longo prazo, pois tem que ser eficiente perante asacções
mecânicas a que está constantemente sujeita causadas pela variação de temperatura, radiação solar,
água e vento.
A inclinação das coberturas é feita em função dos materiais que a revestem e do clima do local onde se
insere o edifício.
Relativamente à acção da água nas coberturas inclinadas, a estanqueidade é garantida pelo revestimento
e pela inclinação da cobertura, ou seja, pelascaracterísticas do material de revestimento – porosidade,
impermeabilidade, dimensões, número de juntas e capacidade de dilatação; e pelo clima onde se insere o
edifício. Assim, pode afirmar-se que a necessidade de desenhar a pendente da forma mais natural
possível implica que em muitas ocasiões formaliza-se como um edifício autónomo sobre outro. [1]

1.3. Zonamento climático adoptado para o continenteSendo uma das funções básicas das coberturas proteger o Homem das condições desfavoráveis
provocadas pelo ambiente exterior, é absolutamente indispensável que as condições de conforto se
verifiquem. Por isso é essencial o conhecimento das condições climatéricas, já que são estas que mais
afectam os edifícios, neste caso a estanqueidade das coberturas.
Trata – se então, de prevenir que a água da...
tracking img