Dpp - resumo capitulo 5

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1477 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EU, VOCÊ, NÓS:
5.1 INTRODUÇÃO
A discussão sobre esse tema pode parecer simples, pois qualquer um de nós pode afirmar saber minimamente o que seja a comunicação... afinal praticamos a comunicação desde o momento em que nascemos. Por outro lado seria difícil comprovar que o simples fato de realizarmos uma ação continuamente, por si só, garante qualidade ao que fazemos. Nesse sentido,as perguntas a fazer em seguida são:
. desenvolvermos uma comunicação adequada?
. conseguimos obter os resultados esperados pelo padrão de comunicação que utilizamos?
. sabemos nos comunicar corretamente nas diversas situações profissionais e pessoais a que somos expostos diariamente?
5.2 ALINHANDO DEFINIÇÕES E CONCEITOS
Como primeira abordagem do conceito de comunicação, pode-secomeçar pela sua etimologia. A palavra deriva do latim comunicar, que significa “partilhar algo, pôr em comum”. Portanto, a comunicação é um fenômeno inerente à relação que os seres vivos mantêm quando se encontram em grupo. Através da comunicação, as pessoas ou os animais obtêm notícias/informações sobre o seu entorno e podem partilhar com os outros.
O processo comunicativo implica aemissão de sinais (sons, gestos, indícios, etc.) com a intenção de dar a conhecer uma mensagem. Para que a comunicação seja bem-sucedida, o receptor deve ser capaz de descodificar a mensagem e de a interpretar. O processo reverte-se assim que o receptor responde e passa a ser o emissor (sendo que o emissor original passa a ser o receptor do ato comunicativo).
No caso dos sereshumanos, a comunicação é um ato próprio da atividade psíquica, que deriva do pensamento, da linguagem e do desenvolvimento das capacidades psicossociais de relação. A troca de mensagens (que pode ser verbal ou não verbal) permite ao individuo de influenciar os demais e ser influenciado, por sua vez.
Entre os elementos que se podem distinguir no processo comunicativo, encontra-se o código(conjunto de signos usado na transmissão e recepção da mensagem), o canal (o meio pelo qual circula a mensagem), o emissor (aquele que emite a mensagem) e o receptor

5.3 PROCESSO DE COMUNICAÇÃO
Comunicação é o processo pelo qual o meu eu (com todas as minhas particularidades, qualidades e defeitos) entra em comunhão (entendimento, sintonia, aceitação, empatia, diálogo) com o outro eu(com todas as suas particularidades, qualidades e defeitos).
Este processo, pelos dois extremos envolvidos (eu/outro) por si só já remete a uma série de atritos e obstáculos, pois como seres únicos que somos e por nossas personalidades tão díspares e egocêntricas já são motivos para grandes divergências e discussão. Mas esta não é a única e para muitos não é a maior dificuldade,existem fatores que não dependem do emissor ou receptor e estão ligados ao canal (meio pelo qual a mensagem é transmitida) e ao código (linguagem conhecida por ambos).
Como complicadores encontrados no canal, temos os ruídos (celulares que tocam em hora errada, barulho do trânsito, tom de voz alto ou baixo demais) e tantos outros problemas que atrapalham a compreensão da mensagem enviada.Entre os obstáculos relacionados ao código, podemos citar a falta de clareza e adequação para o tipo de público, a falta de conhecimento e intimidade com o assunto, a urgência com que a mensagem é transmitida, o que impossibilita a compreensão.
Se analisarmos o processo de comunicação sob o ângulo das dificuldades, chegaremos a conclusão que é melhor voltarmos às cavernase emitirmos apenas sons guturais e gemidos, facilmente compreendidos pelos membros do nosso grupo.
Mas, comunicar-se não é tão complicado como se pinta! Se assim o fosse, a humanidade não teria sobrevivido e povoado o planeta.
Por mais difícil e complicado que pareça o processo de comunicação, acontece: seja pelo olho no olho, ataque/defesa, pergunta/resposta,...
tracking img