doutor

Páginas: 2 (448 palavras) Publicado: 18 de outubro de 2013

Encontram-se presentes os pressupostos que tutelam o direito da Requerente na pretendida sustação de protesto, pois, este, repercute em danos de difícil e incerta reparação junto a política decrédito junto as Instituições financeiras, dificultando, sobremaneira, as suas relações comerciais.

No dizer de Pedro Vieira Mota, in Sustação de Protesto Cambial, Ed. Saraiva, 1984, p. 125:

"Asustação como medida cautelar impõe em geral nas ações onde se discuta a validade ou a eficácia obrigacional do título protestado ... Em suma, a sustação do protesto há de conceder-se como medida cautelar(preparatória ou incidental) sempre que, sem essa cautela afigure-se provável a inexequibilidade ou a ineficácia prática da sentença de mérito da ação principal."

No que se refere ao “fumus bonijuris”, esta se caracteriza pelo fato do cheque ter sido protestado indevidamente em nome do Requerente.

Verifica-se, ainda, a presença de "fumus boni juris", que na lição de Calamandrei, estácaracterizado:

"O fim do processo cautelar é a antecipação dos efeitos da providência definitiva; antecipação que se faz para prevenir o dano que pode advir da demora natural da solução do litígio."De outro lado, o "fumus boni juris" fica evidenciado, no entendimento de Ronaldo Cunha Campos, in Estudos de Direito Processual, Ed. 74, p. 128/133:

"... corresponder, não propriamente àprobabilidade de existência do direito natural, pois qualquer exame a respeito só é a própria ação principal, mas a efetiva verificação de que, realmente, a parte dispõe do direito de ação, direito ao processoprincipal ser tutelado."


O "periculum in mora", evidencia-se através do fato de que o protesto vem acarretando danos de difícil e incerta reparação, vez que o Requerente não consegue obter linhade crédito junto a Instituições Financeiras.

Neste sentido, tem-se a seguinte jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça:


PROCESSO CIVIL – CAUTELAR – SPC – SERASA.
I – Não há como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Doutor
  • Doutor
  • Doutor
  • Doutor
  • Doutor
  • Doutor
  • doutor
  • doutor

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!