Dosagem marshall

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1798 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
hDisciplina: ETG033 Construção de Estradas e Vias Urbanas Profa. Jisela Aparecida Santanna Greco

Misturas Betuminosas Densas Dosagem Marshall
A aplicação de revestimentos asfálticos deve ser precedida por ensaios que permitam a obtenção do teor (ou quantidade) de ligante a ser utilizado na mistura, para que a mesma se enquadre dentro de especificações que são definidas com a finalidade deevitar desagregação prematura da mistura, por falta de ligante, ou superfícies escorregadias e deformáveis, por excesso de ligante. CONCRETO ASFÁLTICO: mistura de agregado mineral graduado, filler e asfalto, em usina e a quente. DOSAGEM DOS CONCRETOS ASFÁLTICOS Através da dosagem Marshall determina-se a quantidade ótima de ligante a ser utilizada em misturas asfálticas usinadas a quente, destinadas àpavimentação de vias. Ensaio Marshall – Preparação dos corpos de prova – Agregado e asfalto são aquecidos separadamente, até temperatura especificada; – Agregado e asfalto são misturados, mantendo-se a temperatura da mistura; – A mistura é colocada em molde aquecido e compactada com soquete de 10 libras de peso (4,54Kg), caindo de uma altura de 18” (45,72 cm). – Compactação – Aplicar 75 golpes dosoquete por face do cp (corpo de prova) – Devem ser moldados 3 corpos de prova para cada teor de ligante utilizado na dosagem – Os corpos de prova são cilíndricos, com 4” (10,16 cm) de diâmetro e 2½” (6,35 cm) de altura. Execução do ensaio – Após a compactação, deve-se esperar que os corpos de prova esfriem, para então realizar sua extrusão, retirando-os do molde metálico – Em seguida os corposde prova devem ser pesados ao ar e imersos, para determinação de seu peso específico aparente (se necessário devem ser parafinados antes da determinação do peso imerso) – Devem ser realizadas medidas de seu diâmetro e de sua altura, com paquímetro (3 medidas de cada, para se chegar a uma média confiável) – Os corpos de prova devem ser colocados em banho-maria a 60ºC, por 40 min – Imediatamente apósa retirada do banho-maria, devem ser levados à prensa do aparelho Marshall, sendo a carga aplicada continuamente ao longo da superfície do



1

– –

cilindro (compressão diametral), à média de 2” (50,8 mm) por minuto, até o rompimento. A carga máxima aplicada que provoca o rompimento do cp = valor da estabilidade Marshall (em Kgf) A deformação sofrida pelo corpo de prova até o momentoda ruptura (deformação máxima) é o valor da fluência. A unidade de fluência é 0,01” (um centésimo de polegada = 0,254 mm) ou 0,1 mm (um décimo de milímetro).

Para a dosagem dos concretos asfálticos devem ser estudados os seguintes parâmetros:
GRANULOMETRIA DO AGREGADO: determinar a Densidade Máxima utilizando o método de FULLER-TALBOT, para garantir máxima estabilidade DENSIDADE APARENTE DAMISTURA (d): obtida do ensaio de dosagem Marshall

d=

M cp ao ar M cp ao ar - M cp imerso

Onde M cp ao ar= massa do corpo de prova ao ar M cp imerso = massa do corpo de prova imerso em água DENSIDADE MÁXIMA TEÓRICA (D): densidade da mistura suposta sem vazios

% ag % af % f % b 100 + + + = d ag d af df db D
Onde ag – agregado graúdo af – agregado fino f – filler ou material de enchimentob – betume ou asfalto

D=

100 % ag % af % f % b + + + d ag d af df db

VOLUME DE VAZIOS (Vv): é o volume de vazios existente na mistura em relação ao volume total da mistura

Vv =

Vaparente - Vteórico Vaparente

P P DP - dP  D-d  × 100 = d D ×100 = dD ×100 = 100 x   P P  D  d d

PORCENTAGEM DE VAZIOS DO AGREGADO MINERAL (VAM): é a soma dos vazios não preenchidos (Vv) com osvazios preenchidos por betume (Vb), ou seja, é o volume total de vazios da mistura

VAM = Vv + Vb = Vv +

Onde: db = densidade real do asfalto (betume) %b = % de asfalto (betume)

(d x %b) db

d=

M Vaparente

db =

m v

2

RELAÇÃO BETUME VAZIOS (RBV): é a relação entre o volume de betume e o volume total de vazios 100 x Vb

RBV =

VAM

ESTABILIDADE: é a carga (kgf) sob a...
tracking img