Dosagem de cloro ativo em hipoclorito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1813 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET MG

Disciplina: Química Quantitativa Prática Professor: Marcus Vinícius

Alunas: Tamara Thomaz e Ludmila Salles Módulo:4 T: 2





Dosagem de cloro ativo em soluções de hipoclorito de sódio









Belo Horizonte, 4 de novembro de 2010.

1. Objetivo:

Determinar o teor de cloro ativo livre emsoluções de hipoclorito de sódio.




2. Materiais:

_ erlenmeyers de 250ml;

_ bureta de 50ml;

_ proveta de 25ml;

_ pipetas volumétricas de 10 e 50ml;

_ Balões volumétricos de 500, 100 e 250ml.

3. Reagentes:

_ Solução padrão primário de KIO3 0,1 E x L-1;

_ Solução de amido 0,5%;

_ Solução de ácido acético 25%;

_ Solução de KI 4$;_ Solução H2SO4 0,5mol/L;

_ Solução de Na2S2O4 0,1 E x L -1 ;

_ Amostra analisada: Cassic (teor de ClO- entre 2 e 2,5%).

4. Equipamentos:



_ Balança analítica.




5. Introdução:

O uso do hipoclorito de sódio (NaClO) como desinfetante tem origem no fim do século XVIII com a água de Javelle, uma solução à base de hipocloritos de sódio e potássio. O uso desteanti-séptico na Medicina foi difundido por DAKIN, que utilizava uma solução de hipoclorito de sódio a 0,5% com pH próximo ao neutro. 

Barret foi um dos pioneiros a utilizar o líquido de Dakin na irrigação endodôntica, e devido às suas propriedades como bactericida, desodorizante, lubrificante e solvente de tecidos, foi prontamente aceito como solução irrigante de canais radiculares pordentistas do mundo todo. Apesar de algumas variações na fórmula terem sido propostas ao longo do tempo, principalmente no que diz respeito à concentração de hipoclorito de sódio presente na solução, o princípio ativo é sempre o mesmo. 
Apesar de o termo "cloro líquido" ser amplamente usado no mercado, tecnicamente não é correto dizer que os dois representam o mesmo produto. O cloro líquido é o clorogás liqüefeito que é estocado em cilindros e carretas.O cloro líquido (gás liqüefeito) tem 99,9% de teor de cloro ativo e tem, basicamente, as mesmas propriedades sanitizantes e alvejantes do hipoclorito de sódio, entretanto trata-se de outro produto com características bem diferentes . 

O hipoclorito de sódio é um produto inerentemente instável. O entendimento dos fatores que levam àdecomposição do produto permite que cuidados sejam tomados tanto quando da aquisição do produto, como na sua utilização. A conseqüência imediata da decomposição da água sanitária é a redução do teor de cloro ativo ou hipoclorito. A concentração inicial do produto influencia muita na decomposição. Quanto maior a concentração,  maior será a decomposição inicial. Desta maneira , o consumidor deve levarem conta a possibilidade  de estocar o produto a uma concentração menor, ou seja diluir o produto. Para se optar pela diluição, é muito importante avaliar o período de tempo que o produto ficará estocado e também a temperatura média a que o produto ficará exposto. A temperatura tem forte influência na decomposição do produto. É muito importante que a estocagem seja coberta, em local fresco earejado, e sem incidência de luz solar. O pH também influencia na decomposição, sendo ideal a adição de pequeno excesso de soda cáustica pelo fabricante, suficiente para garantir  maior estabilidade. A luz também acelera a decomposição.

Apesar de todo o sistema de qualidade, referendado pelas certificações ISO 9002 e ISO 14001, vale lembrar que existem outros fatores envolvidos, tais comotransporte, manuseio e estocagem no revendedor, tempo que se demora para usar o produto etc.Pelas características de instabilidade do HIPO, o principal controle de qualidade a ser realizado é o controle do teor ou da concentração do produto. Este valor é importante pois é ele que vai determinar a quantidade correta de HIPO, a ser usada.O ideal é que o produto seja analisado antes da descarga do...
tracking img