Dor femoropatelar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3932 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Síndrome da dor femoropatelar

Débora Bevilaqua-GrossiI; Lílian Ramiro FelicioII; Rebeca SimõesIII; Kelly Rafael Ribeiro CoqueiroIV; Vanessa Monteiro-PedroV
IFisioterapeuta. Professora Doutora do Departamento de Biomecânica, Medicina e Reabilitação do Aparelho Locomotor e Coordenadora do Curso de Fisioterapia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - FMRP-USP
IIFisioterapeuta. Mestrandaem Ortopedia, Traumatologia e Reabilitação do Aparelho Locomotor - FMRP-USP
IIIGraduanda em Fisioterapia pela UFSCar
IVFisioterapeuta. Mestre em Fisioterapia UFSCar
VFisioterapeuta. Professora Adjunta IV do Departamento de Fisioterapia da UFSCar
RESUMO
O objetivo deste trabalho foi comparar a atividade elétrica dos músculos vasto medial oblíquo (VMO), vasto lateral longo (VLL) e vastolateral oblíquo (VLO) durante os exercícios isométricos de agachamento wall slide a 45º (WS 45º) e 60º (WS 60º) de flexão do joelho. Foram avaliadas 15 mulheres clinicamente saudáveis e 15 mulheres com síndrome da dor femoropatelar (SDFP). Os registros eletromiográficos foram obtidos por eletrodos ativos simples conectados a um eletromiógrafo durante a contração isométrica voluntária máxima (CIVM) doWS 45º e WS 60º. Os dados foram analisados pela média dos valores do root mean square(RMS) do sinal eletromiográfico, normalizado pela média do RMS obtido no agachamento a 75º de flexão do joelho. A análise estatística empregada foi o teste ANOVA two way (p < 0,05) e teste de Duncan post hoc (p < 0,05). Os resultados revelaram que o exercício WS 60º apresentou maior atividade elétrica nos músculosVMO, VLL e VLO quando comparado com o WS 45º, para os grupos controle e SDFP. Durante o WS 60º, para o grupo controle, não foram observadas diferenças na atividade dos músculos VMO, VLO e VLL, sugerindo um equilíbrio na atividade elétrica destes músculos, enquanto que no WS 45º o músculo VLL apresentou maior ativação quando comparado com os músculos VMO e VLO. Para o grupo SDFP, esse equilíbrioentre as porções medial e lateral do músculo quadríceps foi observado em ambos os exercícios. Esses dados sugerem que WS 60º, para o grupo controle, pode ser mais efetivo para programas de fortalecimento muscular. Contudo, para o grupo com SDFP, ambos os exercícios podem ser indicados durante o programa de reabilitação. Além disso, a ausência de diferenças na atividade eletromiográfica dos músculosVMO, VLO e VLL entre os grupos, neste estudo, sugere que o desequilíbrio muscular pode não ser um fator predisponente da SDFP.
Palavras-chave: Síndrome da dor femoropatelar (SDFP). Exercício. Eletromiografia (EMG). Fisioterapia.
________________________________________
ABSTRACT
The objective of this study was to compare the electromyographic (EMG) activity of vastus medialis obliquus (VMO),vastus lateralis longus (VLL) and vastus lateralis oblíquus (VLO) during wall slide squat isometric exercises at 45º (WS 45º) and at 60º (WS 60º) of knee flexion. Fifteen healthy control women and fifteen women with patellofemoral pain syndrome (PPS) participated in this study. The EMG activity was registered during WS 45º and WS 60º performed at maximal isometric voluntary contraction (MIVC) usingsurface differential electrodes connected to an EMG system. The EMG signals were analyzed using the root mean square (RMS) values and were normalized by MIVC obtained at 75º of knee flexion. To compare data between groups and exercises, the ANOVA-two-way and Duncan post hoc tests were applied (p < 0.05). The results demonstrated higher EMG activity for all muscles studied at WS 60º when comparedto WS 45º in both control and PPS groups. There were not significant differences between muscles during WS 60º in the control group, although a higher activity of VLL in relation to VMO and VLO was observed during WS 45º in control group. For the PPS group, no statistical difference was observed between muscles during both exercises. Thus, strengthening programs using WS 60º could be more...
tracking img