Doping genetico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3614 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
capítulo

155
já é possível empregar essa

Doping Genético A
doping genético até então. Por outro lado, discussão sobre o doping genético teve considerando que ainda não existem meios de controle e detecção do doping genético, e que, teoricamente, início em junho de 2001, em um encontro da Gene Therapy Working Group promovido pelo COI. Nesse encontro, cujo tema foi “Terapia Gênica e seufuturo impacto no esporte”, o comitê declarou que a terapia gênica, além da sua importância no tratamento e prevenção de doenças, tem um grande potencial para mau uso nos esportes, e que formas de detecção do doping genético devem ser desenvolvidas e aplicadas. Em 2004, a editora chefe da revista Molecular Therapy publicou em editorial que, se nas olimpíadas de Atenas (2004) histórias de dopinggenético possam ter sido apenas ficção científica, em Pequim (2008) Terapia gênica A terapia gênica é uma nova modalidade terapêutica da medicina. Trata-se de um conjunto de técnicas ainda incipiente e em fase apenas inicial de experimentação, mas que nos permite vislumbrar a possibilidade de cura para doenças consideradas incuráveis, como as de origem predominantemente genética e/ou hereditária (comoexemplo podem ser citadas: distrofias musculares, fibrose cística, fenilcetonúria, tecnologia em seres humanos e outros animais, ninguém pode afirmar com segurança que nenhum atleta tenha já o tenha experimentado.

possivelmente não mais serão. No início de 2003 o doping genético entrou na lista de métodos proibidos do COI, e em 2004 a WADA definiu doping genético como o uso não terapêutico decélulas, genes, elementos genéticos ou a modulação da expressão gênica, que tenham a capacidade de melhorar o desempenho

cânceres, disfunção endotelial, entre outras). Uma boa definição de terapia gênica é a transferência de material genético para células humanas, com o objetivo de prevenir ou tratar doenças. Esse tipo de abordagem terapêutica baseia-se no envio de material genético, via vetores,para dentro de células-alvo (geralmente o material enviado é DNA, embora RNA também possa ser utilizado), mais especificamente para o núcleo das células, lugar no qual esse DNA pode ser transcrito e posteriormente traduzido à sua proteína correspondente que, em última análise, é

esportivo. Até o presente momento não há registro de nenhum caso de atleta que tenha feito uso desse tipo demanipulação. De fato, a terapia gênica é uma modalidade terapêutica médica ainda

extremamente imatura, incipiente e basicamente experimental. Isso pode ter sido um importante motivo para que nenhum atleta fizesse uso do

o

produto

funcional

do

material

genético

cuidados que devem ser tomados com esses procedimentos, bem como os testes de certificação da segurança das preparações sãomuitos, e muito rigorosos. Apesar disso, restam ainda muitas dúvidas a respeito dos efeitos colaterais da terapia gênica. De certo que a introdução de organismos

introduzido. Dessa forma é possível compensar a falta de uma proteína (nos casos em que o paciente apresenta deleção completa do gene) ou a falta de uma proteína funcional (nos casos em que o paciente apresenta mutações ou deleçõesparciais que resultam em uma proteína truncada nãofuncional). Para que o material genético de função terapêutica chegue ao núcleo das células-alvo, é necessária a utilização de um vetor. Os mais utilizados são os vírus (geralmente adenovírus ou retrovírus), e m b o ra lipossoma, células

geneticamente modificados gera uma grande incerteza, especialmente se for levado em conta o potencialmutagênico dos vírus. Ainda assim, os efeitos menos conhecidos dizem respeito à

expressão em longo prazo dos genes introduzidos e à falta de controle da expressão de tais genes. Outro ponto muito importante é a possibilidade (ainda que pequena) de modificação não apenas das células somáticas, mas também das

geneticamente modificadas e injeção direta no tecido também sejam meios possíveis de se...
tracking img