Dominio pessoal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6249 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
AS ORGANIZAÇÕES QUE APRENDEM, SEGUNDO PETER SENGE: “A QUINTA DISCIPLINA”
Georges Ayoub Riche e Ricardo Monte Alto
Há alguns anos, o processo de aprendizagem deixou de ser uma preocupação exclusiva do âmbito acadêmico e passou a integrar a agenda das empresas mais competitivas. Constata-se, atualmente, que a administração estratégica extrapola a mera visão do planejamento, do posicionamento oudo desing, incorporando elementos claramente relacionados ao processo de aprendizagem estratégica. Em trabalho seminal, Peter Senge (1990,1994) enumerou cinco disciplinas capazes de orientar as organizações rumo ao aprendizado contínuo, tendo reservado especial ênfase à “quinta disciplina” – raciocínio sistêmico. Este artigo procura sintetizar os principais conceitos desenvolvidos pelo autor,combinando sua exposição teórica (Senge, 1990) com uma abordagem mais empírica e pragmática (Senge, 1994). Palavras-Chave: Organizações; Sistema Aprendizagem; Vantagem Competitiva. de

1 INTRODUÇÃO Pelo menos uma vez na vida, cada um de nós experimentou a sensação de pertencer a uma “grande equipe”. Não só pelos resultados que ela alcançou, mas pelo espírito de luta, a confiança mútua, a sinergia dosrelacionamentos e a vontade de vencer. No entanto, nenhuma equipe já nasce assim. Grandes equipes são organizações que aprendem, conjuntos de indivíduos que aprimoram, constantemente, sua capacidade de criar, e a verdadeira aprendizagem “está intimamente relacionada com o que significa ser humano” (Senge, 1990, p. 22). Dessa forma, grandes equipes são organizações que s aprendem a desenvolvernovas habilidades e capacidades, que levam a novas percepções e sensibilidades que, por sua vez, revolucionam crenças e opiniões (ciclo de aprendizado , , profundo).

36

CADERNOS DISCENTES COPPEAD, Rio de Janeiro, n. 9, p. 36-55, 2001

As organizações que aprendem já foram inventadas, mas ainda não são um modelo fácil de se reproduzir, não sendo ainda, dessa forma, uma inovação. A intenção sdeste “sumário executivo” é fornecer uma visão geral da formulação teórica proposta por t Peter Senge, em seu célebre livro A Quinta Disciplina (1990). Peter M. Senge é diretor do Programa de Aprendizagem Organizacional e Raciocínio Sistêmico na Faculdade de Administração Sloan, no Massachusetts Institute of Technology (MIT), além de um dos fundadores da firma de consultoria Innovation Associates.Além do best-seller referido, este trabalho também se baseia no livro intitulado A Quinta Disciplina – Caderno de Campo (1994), em que Senge “traduz” os conceitos teóricos apresentados originalmente para a realidade empresarial de gerentes e consultores. Por essa razão, optou-se por não respeitar a ordem direta apresentada no primeiro livro, de sorte a poder mesclar contribuições de ambas asobras. De maneira geral, a seqüência adotada é arbitrária e reflete a percepção do cerne da contribuição de Peter Senge à literatura de administração, sob a ótica dos autores deste sumário.

2 “DÊ-ME UMA ALAVANCA... E MOVEREI O MUNDO” As organizações que aprendem são formadas por pessoas que expandem, continuamente, a sua capacidade de criar os resultados que desejam, onde se estimulam padrões decomportamento novos e abrangentes, a aspiração coletiva ganha liberdade, e as pessoas exercitam-se, continuamente, em aprender juntas. Essas organizações só podem ser construídas quando entendermos que o mundo não é feito de forças separadas e que, no mundo de hoje, a capacidade de aprender contínua e rapidamente é a única vantagem competitiva sustentável. Dessa forma, as empresas do futuro serãoaquelas que descobrirem como fazer com que as pessoas se comprometam e queiram aprender, desde o chão de fábrica até a alta gerência. Para conseguir isso, as organizações devem ser mais coerentes com as mais elevadas aspirações humanas que vão além das necessidades materiais. Com esse intuito, é necessário que se derrubem as barreiras que nos impedem de aprender, pois o que distinguirá as...
tracking img