Dom pedro i

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (478 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Orelha

D. PEDRO
Alexandre Herculano

Pela encosta do Líbano, rugindo, O noto furioso Passou um dia, arremessando à terra O cedro mais frondoso; Assim te sacudiu da morte o sopro Do carro davitória, Quando, ébrio de esperanças, tu sorrias, Filho caro da glória. Se, depois de procela em mar de escolhos, A combatida nave Vê terra e vento abranda, o porto aferra, Com júbilo suave. Também tudemandaste o Céu sereno, Depois de uma árdua lida: Deus te chamou: o prémio recebeste Dos méritos da vida. Que é esta? Um ermo de espinhais cortado, Donde foge o prazer: Para o justo ela existe além dacampa: Teme o ímpio o morrer. Plante-se a acácia, o símbolo do livre, Junto às cinzas do forte: Ele foi rei – e combateu tiranos – Chorai, chorai-lhe a morte! Regada pelas lágrimas de um povo, A plantacrescerá; E à sombra dela a fronte do guerreiro Plácida pousará. Essa fronte das balas respeitada, Agora a traga o pó: Do valente, do bom, do nosso Amigo Restam memórias só; Mas estas, entre nós, coma saudade Perenes viverão, Enquanto, à voz de pátria e liberdade. Ansiar um coração. Nas orgias de Roma, a prostituta, Folga, vil opressor: Folga com os hipócritas do Tibre; Morreu teu vencedor.Envolto em maldições, em susto, em crimes

Fugiste, desgraçado: Ele, subindo ao Céu, ouviu só gueixas, E um choro não comprado: Encostado na borda do sepulcro, O olhar atrás volveu, As suas obrascontemplou passadas, E em paz adormeceu: Os teus dias também serão contados, Covarde foragido; Mas será de remorso tardo e inútil Teu último gemido: Do passamento o cálix lhe adoçaram Uma filha, urnaesposa: Quem, tigre cru, te cercará o leito, Nessa hora pavorosa? Deus, tu és bom: e o virtuoso em breve Chamas ao gozo eterno, E o ímpio deixas saciar de crimes, Para o sumir no Inferno? Alma gentil, queassim nos hás deixado, Entregues à alta dor, Anjo das preces nos serás, perante O trono do Senhor: E quando, cá na Terra, o poderoso As Leis aos pés calcar, Junto do teu sepulcro irá o opresso Seus...
tracking img