Dois conceitos de liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1057 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA – CEUT
CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO
DISCIPLINA: CIÊNCIA POLÍTICA E TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFESSOR: FRANCISCO ROBERT BANDEIRA
ALUNO: DÁRIO VAZ BACELAR DA SILVA

Resumo do capítulo: Dois Conceitos de Liberdade
Livro: Quatro Ensaios sobre a Liberdade

Teresina, 26 de setembro de 2010
I – O Conceito de Liberdade Negativa
Diz-se normalmente quealguém é livre na medida em que nenhum outro homem ou grupo de homens interfere nas atividades desse alguém. Se existe uma coerção por parte destes homens no intento de privar o indivíduo de fazer determinada coisa, pode-se ter alguém coagido ou até mesmo escravizado. No entanto, a falta de capacidade, física ou intelectual, para alcançar determinado objetivo não significa falta de liberdade.Poderia significar sim, como Isaiah Berlin chama, escravidão econômica. Se o indivíduo acredita que, a tentativa de outros tentarem ganhar dinheiro é o motivo de sua pobreza, e por consequência não conseguir algo que seja isento de proibição, esse indivíduo se considera uma vítima de coerção ou escravidão. A falta de capacidade mental ou física, como já citado, pode levar a pobreza, e com isto levar oindivíduo a pensar que é privado de sua liberdade.
“A natureza das coisas não nos enlouquece, só nos enlouquece a má vontade” – Rosseau
O grau de amplitude que a liberdade pode ou deve ter foi assunto de discussão entre os filósofos políticos ingleses, pois, uma vez ilimitada, a liberdade de um poderia privar a liberdade de outro, levando a uma sociedade onde os mais fortes comandam, gerando ocaos social. Dando um maior grau de valor a outras metas como, justiça, felicidade, segurança, propuseram a restrição de uma parte da liberdade, limitação esta regrada por lei, em busca da própria liberdade. Mas da mesma forma, admitiram que devesse haver um mínimo de liberdade pessoal que não poderia ser violado de modo algum, pois, do contrário, o indivíduo ver-se-á num campo demasiado estreitopara o desenvolvimento mínimo de suas faculdades naturais, que é o único a possibilitar a busca e até a concepção, dos vários fins que os homens consideram bons, corretos ou sagrados.
O conceito de liberdade pode ser, e é, completamente relativo. Muda de acordo com o grau cultural e econômico do indivíduo. E seria a liberdade o bem máximo e último do homem? De que serviria a liberdade para alguémmoribundo, que não precisa de uma grande área de atuação sem interferência, mas sim de um remédio para sua doença?! E o que perturba os liberais ocidentais não é a crença na relatividade do termo liberdade de um indivíduo pobre para um rico, de um analfabeto para um bem estudado, mas sim que a maioria que possui a tão sonhada liberdade, conquistou-a explorando ou, pelo menos, evitando contemplar aimensa maioria que não a tem.
Fundamentos da moralidade liberal:
Não tratar os outros como eu não gostaria que me tratassem;
O pagamento da minha dívida para com aqueles que me proporcionam liberdade, prosperidade ou esclarecimento.
Justiça na sua forma mais simples e mais universal
Não pode haver confusão entre termos. Liberdade é liberdade e nada mais. Se a liberdade de uns depende dadesgraça de outros, o sistema é injusto e imoral. Mas ainda assim, continua a ser verdade que a liberdade de alguns às vezes deve ser restringida para assegurar a liberdade de outros. Com base em quê, não se sabe, mas tem que ser feito.

II – O Conceito de Liberdade Positiva
O sentido “positivo” da palavra “liberdade” tem origem no desejo do indivíduo de ser seu próprio amo e senhor, de que suavida e decisões dependam apenas dele mesmo e não de forças externas de qualquer tipo.
A liberdade que consiste em ser-se amo e senhor de si mesmo e a liberdade que consiste em não se ser impedido por outros homens de escolher o que quero, pode parecer conceitos não muito diferentes. No entanto, os conceitos “positivo” e “negativo” de liberdade desenvolveram-se em sentidos divergentes, até que em...
tracking img