Dogmatismo e ceticismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1467 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DOGMATISMO E CETICISMO
Ceticismo relativo e ceticismo absoluto


Dogmatismo

No senso comum, o dogmático é a pessoa que acredita ter a posse da verdade e se recusa ao diálogo, não admitindo o questionamento de suas certezas. Muitas vezes, os pais são dogmáticos e recusam a colocar em discussão certas regras que, para eles, são as únicas verdadeiras e corretas.
Emfilosofia, entretanto, dá-se o nome de dogmatismo à doutrina ou atitude que afirma, de forma absoluta, ser o homem capaz de chegar a verdades seguras, exclusivamente, por meio do uso da razão.
Do ponto de vista histórico, o dogmatismo é a atitude dos primeiros filósofos, os chamados pré-socráticos, que têm como certo o poder de conhecer a realidade tal qual ela é. Os sofistas são os primeiros aproblematizar a questão da verdade do conhecimento. Entretanto, é com Emmanuel Kant, no século XVIII, que a denominação dogmatismo passa a assumir conotação mais específica. Segundo ele, dogmatismo é toda e qualquer posição que se julgue na posse da certeza ou da verdade, antes de fazer a crítica à faculdade de conhecer. O criticismo (doutrina que põe à prova toda a afirmação da razão humana e nadaaceita insconscientemente. Por toda parte pergunta sobre os fundamentos e reclama da razão humana uma prestação de contas) kantiano só se define em oposição aos dois perigos inversos: o empirismo e o dogmatismo.

Proveniente do grego dógma, traduzido por Hessen (2003, p.29) como doutrina estabelecida, também carrega o significado de decisão, opinião, decreto, e possui familiaridade com overbo doké, que guarda o significado de parecer. O dogma é, segundo o Dicionário eletrônico Houaiss: “qualquer doutrina de caráter indiscutível em função de supostamente ser uma verdade aceita por todos”, ou seja, é um preceito aceito de forma irrefletida.
Pela definição de dogma, já se torna possível compreender o que é dogmatismo, com efeito:
• “[...] posição epistemológica para a qual oproblema do conhecimento não chega a ser levantado” (HESSEN, 2003, p.29).
• “[...] doutrina que crê na possibilidade de conhecer a verdade absoluta das coisas de modo direto e imediato, por meios empíricos, racionais ou supra-racionais” (BAZARIAN, 1994, p. 94).
• O dogmatismo afirma que a verdade existe e que podemos conhecê-la. A atitude dogmática consiste em confiar em nossas faculdadesintelectuais, em crer na realidade objetiva dos nossos conhecimentos e em acreditar que nossa inteligência pode atingir as verdades relativas ao homem, ao universo e a Deus (SANTOS, 1964, p. 284).

O dogmatismo concebe como totalmente possível o conhecimento

Ocorre que esta concepção não é criticamente avaliada e examinada; ela é simplesmente tida como verdadeira semqualquer reflexão ou questionamento.

Isso significa dizer que o dogmatismo sequer coloca o problema da possibilidade do conhecimento, uma vez que ele é tido como absolutamente certo.
O dogmatismo pressupõe, ou seja, supõe antecipadamente, que o conhecimento é possível e isso é feito de forma totalmente irrefletida. Uma outra característica é a auto-evidência: o dogmático não se coloca oproblema do conhecimento; para ele conjecturas como as que viemos fazendo até agora não têm sentido, pois é evidente que o conhecimento é possível.
Pelo que analisamos até agora, algumas características podem ser salientadas:
• Inexistência do problema do conhecimento: por aceitarem tudo de forma ingênua, o problema do conhecimento não é colocado.
• Contato óbvio entre sujeito e objeto:pressupões que obviamente há um contato entre sujeito e objeto, sem nenhum problema.
• Ignora ser o conhecimento fruto da relação entre sujeito e objeto: por ter como óbvio o contato entre sujeito e objeto, a relação entre eles não é pensada, acabando por ser simplesmente desconhecida ou ignorada.
• Desconhece o sujeito: pela obviedade e pressuposição, desconhece o sujeito como agente...
tracking img