Doenças causadas por virus e bacterias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 21 (5100 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 14 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Doenças causadas por vírus

Influenza

A influenza é uma doença respiratória aguda causada por uma família de vírus conhecida como Orthomyxoviridae (vírus da influenza). Algumas vezes as doenças respiratórias podem ocorrer sob a forma de uma epidemia mundial e já tem sido responsável por milhões de mortes no mundo inteiro neste século. São conhecidos pelo menos três tipos imunológicos devírus da influenza (ortomixovirus): tipos A, B e C. O tipo A é altamente variável do ponto de vista antigênico, o tipo B também é pouco variável enquanto o tipo C é estável; destes, o tipo A é o maior responsável por epidemias mundiais.

Patogenia e patologia

 
O vírus propaga-se de pessoa a pessoa através de perdigotos ou contato direto ou indireto. As células do epitélio respiratório podem serinfectadas quando as partículas virais ai depositadas não forem removidas pelo reflexo da tosse ou escaparem à neutralização pelo anticorpo IgA específico preexistente. Os virions propagam-se rapidamente para células adjacentes. A NA destrói a viscosidade da película de muco no trato respiratório. A seguir, as células do trato respiratório são infectadas e, eventualmente destruídas. O período deincubação vai de 1-4 dias podendo variar, dependendo do estado do hospedeiro. Os sintomas aparecem a partir do quinto dia, atingindo o máximo dentro de 24 horas. Após o inicio da disseminação viral, pode-se detectar o interferon nas secreções respiratórias do hospedeiro. As infecções pelo vírus da influenza levam a destruição das células da superfície do trato respiratório fazendo com que reduza aresistência deste as bactérias como Staphylococcus, Streptococcus e Haemophilus influenza.

Manifestações clínicas

 
• Influenza não-complicada: os principais sintomas são calafrios, cefaléia e tosse seca, seguidos de febre alta, dores musculares generalizadas, mal-estar e anorexia. A febre persiste por três dias, os sintomas respiratórios pr 3-4 dias e a tosse e fraqueza podem persistirpor 1-3 semanas após resolução dos principais sintomas. O vírus da influenza tipo C raramente ou nunca se manifesta como resfriado comum. Em casos esporádicos o diagnostico de influenza é muito difícil de ser feito clinicamente.
• Pneumonia: apenas idosos e debilitados apresentam complicações graves. Doenças cardiopulmonares ou outras doenças crônicas constituem fator de risco. A pneumoniacomo complicação pode ser em conseqüência de infecção viral, bacteriana ou ambas. A infecção pelo vírus da influenza aumenta a susceptibilidade à infecção bacteriana. Os principais agentes infectantes são o Staphylococcus aureus, Streptococcus pneumoniae e o Haemophilus influenza. A co-infecção causada por Staphylococcus aureus esta associada por uma taxa de mortalidade de ate 42%.
• Síndromede Reye: essa síndrome consiste em encefalopatia aguda de crianças e adolescentes, entre 2-16 anos de idade. Esta associada com degeneração gordurosa do fígado e tem elevada taxa de mortalidade (até 40%). A síndrome é uma complicação reconhecida da infecção por influenza tipos A ou B ou do varicela zoster. É aconselhável não medicar crianças com sintomas gripais com aspirina ou salicilatos para afebre, por existir associação entre estes e a síndrome.

Epidemiologia

 
Existem variações quanto aos três tipos de vírus de influenza, por exemplo, o tipo C não possui relativa importância pois não provoca epidemias, já o tipo B por vezes pode provocar alguma epidemia enquanto o tipo A pode levar a epidemias mundiais conhecidas como pandemias. O inverno é a época de maior incidência dainfluenza podendo chegar ao máximo. Os surtos periódicos ocorrem devido às mutações antigênicas das proteínas de superfície, que resultam em uma população mais susceptível, quando uma nova cepa provoca uma nova epidemia.
Estima-se que a cada 10-40 anos um novo subtipo de vírus da influenza deva surgir, quando levam a uma pandemia.
 

Prevenção e tratamento

 
A amantadina e a rimantadina são...
tracking img