Documento alto de boa vista rio de janeiro. agir 1988

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1810 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 .AS TEORIAS DO SERVIÇO SOCIAL

1.1 O positivismo

O positivismo é uma corrente filosófica que preconiza o entendimento da sociedade humana baseando-se nas leis naturais, foi fundado por Augusto Comte (1798-1857), na primeira metade do século XIX, o positivismo é pautado pelo conceito do “devir”, ou seja, o conceito de vir- a – ser e baseando-se nisso tende a crer insistentemente noprogresso.
.Dentro do Serviço Social foi o positivismo que, primeiro orientou as propostas brasileiras de trabalho e, diante de uma legitimação do profissional o positivismo proporcionou uma perspectiva de ampliar referenciais técnicos.

1.2 Idéias básicas
            O fundador do positivismo foi Augusto Comte, não nasceu espontaneamente no século XIX, suas raízes podem ser encontradas já naAntiguidade. É uma tendência dentro do Idealismo Filosófico e representa nele uma das linhas do Idealismo Subjetivo. Tem por base a exaltação dos fatos, sendo uma reação à filosofia expeculativa e sua expeculação pura. O termo identifica a filosofia baseada nos dados da experiência como a única verdadeira. O conhecimento se afirma numa verdade comprovada, sendo assim considerado o método experimental ocaminho para o pensamento científico, a verdade comprovada jamais é questionada. O positivismo, uma corrente filosófica, caracteriza-se por três preocupações principais:
-Uma filosofia da história
-uma fundamentação e classificação das ciências
- a elaboração de uma disciplina para estudar os fatos sociais,
 O positivismo rejeita o conhecimento metafísico, devendo limitar-se ao conhecimentopositivo, aos dados imediatos da experiência. Defende a idéia de que tanto os fenômenos da natureza como os da sociedade são regidos por leis invariáveis.
            Podemos distinguir três momentos na evolução do positivismo. A primeira fase, chamaremos de:
- positivismo clássico;
- empiriocriticismo;
- neopositivismo;
            Facilmente se observa que a filosofia positiva se colocou noextremo oposto da especulação pura, exaltando, sobretudo, os fatos.
1.2 Positivismo Clássico
            Nas ideias de Comte temos alguns princípios fundamentais do positivismo, cujo emprego se considera como prática comum entre os pesquisadores. Estes princípios são: a busca da explicação dos fenômenos através das relações dos mesmos e a exaltação da observação dos fatos, mas resulta que paraligar os fatos existe “necessidade de uma teoria”. Prega a submissão da imaginação à observação, mas isto não deve transformar “a ciência real numa espécie de estéril acumulação de fatos incoerentes’, porque devemos entender  “que o espírito positivo não está menos afastado, no fundo, do empirismo do que do misticismo” (Triviños, 1987, p. 35). O positivismo proclama como função essencial da ciênciasua capacidade de prever. “O verdadeiro espírito positivo consiste em ver para prever” (Triviños, 1987, p. 35).
1.3 Características Principais do Positivismo
           Para o positivismo não interessa as causas dos fenômenos, isso não é positivo, não é tarefa da ciência. Buscar as causas dos fatos, é ter uma visão desproporcionada da força intelectual do homem, de sua razão. Isso é metafísico.Assim, tendo os fatos como único objeto da ciência, fatos que podiam ser observados, a atitude positivista consistia em descobrir as relações entre as coisas. O que interessa ao espírito positivo é estabelecer como se produzem as relações entre os fatos.
O investigador estuda os fatos, estabelece relações entre eles, pela própria ciência, pelos propósitos superiores da alma humana de saber. Nãoestá interessado em conhecer as conseqüências de seus achados. O papel do investigador é exprimir a realidade, não julgá-la. O positivismo lógico formulou o princípio da verificação (será verdadeiro aquilo que é empiricamente verificável - isto é toda afirmação sobre o mundo deve ser confrontada com o dado)
Os positivistas lógicos, especialmente Carnap e Neurath, desenvolveram a idéia...
tracking img