Doc e pdf

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2936 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pedagogia Cultural e Cinema: análise crítica do filme “Nenhum a Menos” sob a
perspectiva dos Estudos Culturais

Lívia Santos Brisolla
Márcia Regina Santos Brisolla
RESUMO

O objetivo do presente ensaio é analisar a representação da escola através do cinema.
Quanto ao corpus de análise da pesquisa, foi selecionado o filme “Nenhum a Menos”,
produção chinesa de 1999. A metodologiautilizada é proveniente do diagnóstico crítico,
abordagem vinculada à perspectiva dos Estudos Culturais.

Palavras-Chave: Pedagogia Cultural, Cinema e Estudos Culturais.

Introdução

Os textos culturais da mídia invadiram o cotidiano e tem-se tornado uma forma
dominante de cultura popular. A influência das mercadorias simbólicas disseminadas pela
indústria cultural modela o lazer, as opiniões eos comportamentos, “fornecendo o material
com que as pessoas forjam sua identidade” (KELLNER, 2001, p. 9).
Partindo de uma breve análise sobre a influência dos Estudos Culturais sobre a
teorização curricular, buscar-se-á entender como tanto a educação quanto a cultura estão
envolvidas em processos de transformação da identidade e da subjetividade.
Os textos que dominam a cultura da mídiadeveriam ser incorporados às
escolas como objeto de conhecimento e de análise crítica, fornecendo um novo registro
para discutir como a mídia, dirigida à formação da cultura popular, está disseminando em
larga escala valores e conceitos que influenciam o comportamento social e a formação das
identidades.
A pedagogia cultural proclama a necessidade de incorporar objetos de
pesquisa, no campoeducacional, externas ao processo escolar. Por conseguinte, é
importante considerar que existe um currículo além das fronteiras da escola, constituído

2

por artefatos culturais que estão imbricados na vida cotidiana. Neste sentido, a pedagogia
cultural propõe estudar e problematizar os artefatos disseminados pela mídia.
Assim, o objetivo do presente ensaio é analisar alguns trechos dofilme
“Nenhum a Menos”, produção chinesa de 1999, financiada pela Columbia Pictures Film
Production Ásia, e dirigida pelo cineasta Zhang Yimou.
O filme “Nenhum a Menos” apresenta a escola como uma local de conflito
social, um território de desigualdades, imerso em relações de poder e conhecimento, onde
as identidades são negociadas, partilhadas e contestadas.
No estudo em pauta, foi utilizadocomo suporte teórico, a abordagem dos
Estudos Culturais, cuja perspectiva acrescentou fundamentos metodológicos para análise
do filme selecionado.

I. Estudos Culturais e Educação

O campo dos Estudos Culturais surge, de forma institucionalizada, com a
fundação do Centro de Estudos Culturais Contemporâneos criado na Universidade de
Birmingham, na Inglaterra, em 1964.
A base para aconstituição dos Estudos Culturais aconteceu com a publicação
de três textos cujos autores foram Richard Hoggar, Raymond Willians e E. D. Thompson.
As obras abordavam a relação entre a cultura contemporânea e as mudanças sociais
expressadas através de formas simbólicas, instituições e práticas culturais. Os autores
mencionados balizaram o surgimento dos estudos culturais que eclodiu em um momentode tensão social e política na Inglaterra do após a segunda guerra mundial
(ESCOSTEGUY, 2001).
A primeira fase dos Estudos Culturais, até os anos 70, abordou a temática da
cultura como espaço de conflito e resistência dentro das relações sociais dominadas pelo
poder, e estratificada por divisões de gênero, classe e raça. Para doutora em educação,
Marlucy Alves Paraíso (2004), desde os anos80, os Estudos Culturais estão em constante
transformação, os debates de inspiração pós-estruturalista e pós-modernista estão

3

substituindo as abordagens de ideologia e hegemonia por análises de discursos,
significados e representação:
Nos anos 90, esse campo passa a incorporar também as idéias e o
estilo pós-moderno: a opção por pequenas narrativas, o
questionamento do conhecimento...
tracking img