Doc, docx, pdf, wps, rtf, odl

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO

DE

PORTUGUES

Colégio Estadual Santa Terezinha
Petrolina de Goiás: 10/03/2013.
Aluno: Michel Jorge Silva Souza.
Professor: Cleidia.
Serie: 3 C.

Figuras de Linguaguem
1) Metáfora
A metáfora consiste em utilizar uma palavra ou uma expressão em lugar de outra, sem que haja uma relação real, mas em virtude da circunstância de que o nosso espírito asassocia e depreende entre elas certas semelhanças. É importante notar que a metáfora tem um caráter subjetivo e momentâneo; se a metáfora se cristalizar, deixará de ser metáfora e passará a ser catacrese (é o que ocorre, por exemplo, com "pé de alface", "perna da mesa", "braço da cadeira").
Exemplos:1) "Meu pensamento é um rio subterrâneo." (Fernando Pessoa)
Nesse caso, a metáfora é possível na medida em que o poeta estabelece relações de semelhança entre um rio subterrâneo e seu pensamento (pode estar relacionando a fluidez, aprofundidade, a inatingibilidade, etc.).
2) Minha alma é uma estrada de terra que leva a lugar algum.
Uma estrada de terra que leva a lugar algum é, na frase acima, uma metáfora. Por trás do uso dessa expressão que indica uma alma rústica e abandonada (e angustiadamente inútil), há uma comparação subentendida: Minha alma é tão rústica, abandonada (e inútil) quanto uma estrada de terra que leva alugar algum.

2) Metonímia
A metonímia consiste em empregar um termo no lugar de outro, havendo entre ambos estreita afinidade ou relação de sentido.
Exemplos:
1) Autor pela obra: Gosto de ler Machado de Assis. (Gosto de ler a obra literária de Machado de Assis.).
2) Inventor pelo invento: Édson ilumina o mundo. (As lâmpadas iluminam o mundo.).
3) Símbolo pelo objeto simbolizado: Não teafastes da cruz. (Não te afastes da religião.)
4) Lugar pelo produto do lugar: Fumei um saboroso havana. (Fumei um saboroso charuto.).
3) Catacrese
Trata-se de uma metáfora que, dado seu uso contínuo, cristalizou-se. A catacrese costuma ocorrer quando, por falta de um termo específico para designar um conceito, toma-se outro "emprestado". Assim, passamos a empregar algumas palavrasfora de seu sentido original.
Exemplos:
1) "asa da xícara" 4) "pé da mesa"
2) "batata da perna" 5) "braço da cadeira"
3) "maçã do rosto" 6) "coroa do abacaxi"
4) Sinestesia
Consiste em mesclar, numa mesma expressão, as sensações percebidas por diferentes órgãos do sentido.
Exemplos:
1) Um grito áspero revelava tudo o que sentia. (grito = auditivo; áspero =tátil).
2) No silêncio escuro do seu quarto, aguardava os acontecimentos. (silêncio = auditivo; negro = visual).

5) Antítese
Consiste na utilização de dois termos que contrastam entre si. Ocorre quando há uma aproximação de palavras ou expressões de sentidos opostos. O contraste que se estabelece serve, essencialmente, para dar uma ênfase aos conceitos envolvidos que não se conseguiria com aexposição isolada dos mesmos.
Exemplos:
1) "O mito é o nada que é tudo."
2) O corpo é grande e a alma é pequena.
3) "Quando um muro separa, uma ponte une."
4) "Desceu aos pântanos com os tapires; subiu aos Andes com os condores."
5) Felicidade e tristeza tomaram conta de sua alma.

6) Eufemismo
Consiste em empregar uma expressão mais suave, mais nobre ou menos agressiva, para comunicaralguma coisa áspera, desagradável ou chocante.
Exemplos:
1) Depois de muito sofrimento, entregou a alma ao Senhor. ( morreu)
2) O prefeito ficou rico por meios ilícitos. ( roubou)
3) Fernando faltou com a verdade. ( mentiu)

7) Ironia
Consiste em dizer o contrário do que se pretende ou em satirizar, questionar certo tipo de pensamento com a intenção de ridicularizá-lo, ou ainda em ...
tracking img