Dna e rna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3953 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CÉLULAS, DNA E RNA


Estrutura do DNA

DNA – Conjunto de nucleótidos


Um nucleótido é constituído por:
- Um grupo fosfato
- Uma base azotada
- Uma pentose (desoxirribose DNA, ribose RNA)


Quanto às bases azotadas, estas dividem-se em dois tipos:
- púricas _ adenina e guanina, que apresentam anel duplo
- pirimídicas _ uracilo, timina e citosina, que apresentam anel simples

Acadeia de DNA cresce de 5’ para 3’.

Apresenta apenas uma forma básica.

DNA _ modelo de dupla hélice _ a molécula de DNA é composta por duas cadeias polinucleotídicas, que se dispõem em sentidos inversos, designando-se, por isso, antiparalelas

As cadeias desenvolvem-se em sentidos opostos, iniciando-se na extremidade 5’ e terminando na extremidade 3’. Assim, à extremidade 5’ de uma cadeiacorresponde a extremidade 3’ da outra.

Nas zonas mais externas da dupla hélice, encontram-se o grupo fosfato e a desoxirribose, enquanto que na parte mais interior, formando os “degraus”, surgem as bases azotadas.

No DNA existem 4 bases azotadas:
- Adenina
- Timina
- Guanina
- Citosina

A adenina só emparelha com a timina (por 2 pontes de hidrogénio), bem como a
citosina emparelhaapenas com a guanina (por 3 pontes de hidrogénio) _ Por esta razão
diz-se que são bases complementares (A/T = 1; G/C = 1)

Ligações:
Os nucleótidos dentro da mesma cadeia polinucleotídica ligam-se entre si através de ligações covalentes (do tipo fosfodiéster), que se estabelecem entre o grupo fosfato e os carbonos 3’ e 5’ das pentoses.
As duas cadeias antiparalelas ligam-se entre si, por pontesde hidrogénio que se estabelecem entre as bases azotadas, verificando-se uma complementaridade.

Universalidade e Variabilidade do DNA

Existem apenas quatro nucleótidos diferentes no DNA, ou seja, todos os seres vivos são constituídos pelos mesmos quatro elementos. ( Universalidade

No entanto, existe uma infinidade de sequências possíveis, mesmo só existindo quatro nucleótidos, o queexplica a diferença entre todos os indivíduos. ( Variabilidade



Estrutura do RNA

RNA _ a molécula de RNA é formada uma cadeia simples de nucleótidos, com dimensões muito inferiores às da molécula de DNA

Em determinadas regiões, a molécula de RNA pode dobrar-se devido ao estabelecimento de pontes de hidrogénio entre as bases complementares (adenina – uracilo; guanina – citosina)

Asmoléculas do RNA são sintetizadas a partir do DNA e podem apresentar, sob o ponto de vista de estrutura e função, três formas distintas:
- mRNA (RNA mensageiro) – copia a mensagem contida no DNA e transporta-a até ao local de síntese proteica;
- tRNA (RNA de transferência) – transporta, de uma forma especifica, os aminoácidos até ao local de síntese proteica;
- rRNA (RNA ribossómico) – estruturaglobular que permite encaixar o mRNA e tRNA, o ribossoma lê a mensagem e realiza a síntese proteica.




Diferenças entre o DNA e o RNA:
















Replicação do DNA

É a capacidade que o DNA tem de dar cópias de si mesmo

Antes da experimentação existiam 3 modelos para a replicação do DNA:
- Hipótese semiconservativa - cada uma das cadeias serviria de molde para umanova cadeia e, consequentemente, cada uma das novas moléculas de DNA seria formada por uma cadeia antiga e uma cadeia nova
- Hipótese conservativa - a molécula de DNA progenitora manterse-ia íntegra, servindo apenas de molde para a formação da molécula-filha, a qual seria formada por duas novas cadeias de nucleótidos
- Hipótese dispersiva - cada molécula-filha seria formada por porções da moléculainicial e por regiões sintetizadas de novo, a partir dos nucleótidos presentes na célula















Após investigação e experimentação pôde-se concluir que a replicação do DNA é uma replicação semiconservativa porque uma das cadeias do DNA é mantida e a outra é gerada.



Biossíntese de Proteínas















-Cópia de uma das cadeias do DNA passando a...
tracking img