Diversos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO CLIENTE ADULTO/IDOSO PORTADOR DE ALTERAÇÕES DO SISTEMA RESPIRATÓRIO

1- Envelhecimento do Sistema Respiratório:
• No tórax, redução da densidade óssea e conseqüentemente redução e achatamento das vértebras, com redução dos discos intervertebrais, calcificação das cartilagens costais e das articulações costoesternais.
• Essas modificações determinam oenrijecimento da caixa torácica, tornando mais importante a contribuição da musculatura abdominal e diafragmática na ventilação pulmonar.
• O idoso é sujeito a maior incidência de infecções pulmonares, principalmente a pneumonia, por um grande número de razões que vão desde alterações anatômicas em parede torácica e em vias aéreas, até modificações do sistema de defesa imunológico.

2-Anatomia das Vias Respiratórias Superiores
• Nariz; os Seios Paranasais; os Ossos Turbinados (conchas); A Faringe; as Amídalas; Adenóides; Laringe e Traquéia.
• Nariz – serve como trajeto para o ar ser levado até os pulmões. Filtra as impurezas, além de umidificar e aquecer o ar, quando ele é inalado para os pulmões. É responsável pelo olfato, pois os receptores olfativos estãolocalizados na mucosa nasal;
• Seios Paranasais – tem como função importante servir como uma câmara de ressonância na fala. Constituem um sítio comum de infecção;
• Ossos Turbinados – estão adaptados para aumentar a superfície da mucosa das passagens nasais e para obstruir, discretamente, a corrente aérea que flui através deles.
• Faringe – liga as cavidades oral e nasal a laringe;
•Laringe – estrutura cartilaginosa, revestida por epitélio, que liga a laringe à traquéia. Sua função é permitir a vocalização e também protege as vias aéreas inferiores de substâncias estranhas e facilita a tosse. Consiste de: epiglote, glote, cartilagem tireóide, cartilagem cricóide, cartilagem aritenóides e cordas vocais.
• Traquéia – situa-se na linha média, onde ela penetra no estreitotorácico superior, por traz do esterno.

INFECÇÕES DAS VIAS AÉREAS SUPERIORES

A- Resfriado Comum – inflamação aguda, infecciosa, das mucosas da cavidade nasal do trato respiratório superior. São altamente contagiosos, pois disseminam os vírus por cerca de 2 dias, antes do aparecimento dos sintomas.

1- Sinais e Sintomas – obstrução e secreção nasal; odinofagia; espirros; indisposição; febre;calafrios; cefaléia; mialgias; tosse. A sintomatologia permanece por 5dias a 2 semanas.

2- Cuidados de Enfermagem

- Estimular ingesta adequada de líquidos
- Atentar para o repouso
- Observar e registrar as características da tosse
- Evitar aglomeração.

B- SINUSITE – os seios estão envolvidos em alto índice de infecções do trato respiratóriosuperior.

Sinusite Aguda:

1- Sintomas- pressão, dor sobre a área do seio e secreções nasais purulentas. A congestão nasal, causada por inflamação, edema e transudação de líquido, leva à obstrução das cavidades.
- As Bactérias contribuem com cerca de 60% dos casos de sinusite aguda: Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae e Staphylococcus aureus.

2- Cuidados deEnfermagem: Medidas direcionadas para facilitar a drenagem.

- Estimular a ingesta hídrica;
- Realizar nebulização;
- Orientar: evitar alérgenos, quando se suspeita de alergia;
- Manter estado geral como: nutrição adequada, exercício e repouso necessários;
- Evitar outras pessoas com infecções do trato respiratório;
- Observar e registrar ascaracterísticas da dor na área sinusal;
- Observar e registrar as características da secreção nasal.

Sinusite Crônica – é causada por obstrução nasal crônica, devido à secreção e edema da mucosa nasal

1- Sinais e sintomas – tosse (por causa do gotejamento constante da secreção para dentro da nasofaringe); cefaléias crônicas na área periorbitária e dor facial; fadiga e obstrução...
tracking img