Diversos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
História da Cafeína

Historicamente, a cafeína proveniente de fontes naturais, tem sido consumida e apreciada desde sempre, sendo o chá a bebida mais antiga que contém cafeína. Alguns antropologistas pensam que o primeiro uso da cafeína, incluída nas plantas, remonta a 600 mil anos a.C. (Idade da Pedra), no entanto, a sua descoberta acredita-se ter sido feita na Etiópia (antiga Abissínia), emtorno de 700 a.C., onde a planta crescia naturalmente.
As primeiras plantações de café designadas por “Kaweh” apareceram na península Arábica, no século XIV, e eram usadas como alimento, na fabricação de vinho, como remédio e para fazer uma bebida árabe denominada “qahwa”, conhecida por prevenir o sono. Posteriormente, difundiu-se através do Iémen e dos países árabes para o resto do mundo.
Ohábito de tomar café foi condenado pela ortodoxia islâmica, no entanto, posteriormente, chegou a ser considerado como algo providencial para rezar sem cair em sonolência e, como um excelente substituto das bebidas alcoólicas.
Na Europa, o café apareceu no século XVI sendo introduzido, principalmente, pelos espanhóis e holandeses, no período das descobertas. Antes disso, o café era consumido demaneira restrita e a bebida nobre era o chá. Inicialmente, o café encontrou uma forte oposição em alguns países protestantes, como a Alemanha, Áustria e Suiça, nações essas que chegaram mesmo a castigar o comércio e o seu consumo.
Com o passar do tempo, todas as proibições acabaram por desaparecer na Europa e, a partir da segunda metade do século XVII, o café converteu-se em sinónimo de bebidaintelectual, devido à existência de muitos comércios que ofereciam espaços públicos para o consumir, em todas as grandes cidades. Consta que, em França, os cafés se tornaram locais de reunião dos intelectuais, entre eles Victor Hugo, Voltaire, Rousseau.
Em 1736, surgem as primeiras plantações na América Latina, nomeadamente, em Porto Rico e cerca de 20 anos depois era já o principal produto deexportação do país, o que acontece até aos nossos dias.
O primeiro protótipo de uma máquina de café expresso foi criado em França, em 1822, mas só em 1905 surge um modelo comercial em Itália. O descafeinado é descoberto na Alemanha em 1903 após investigações que visavam obter um processo que permitisse remover a cafeína sem destruir o verdadeiro sabor do café.
Em 1938, o café instantâneo (Nescafé) éinventado pela companhia Nestlé que pretendia ajudar o governo brasileiro a escoar o seu excedente de café.
Atualmente, a cafeína é consumida por bilhões de pessoas no mundo, estando este hábito inserido em diversas e variadas práticas culturais, sendo até vital para a economia de alguns países.
A cafeína, até pouco tempo atrás, era considerada doping pelo Comitê Olímpico Internacional (COI),se fosse encontrada uma concentração maior do que 12mg/ml na urina do atleta. Esses valores podem ser alcançados com a ingestão de 4 a 7 xícaras de café (600 a 800 mg) consumidos num período de 30 minutos. Ainda, indivíduos os quais degradam a cafeína lentamente ou excretam grandes quantidades de cafeína não metabolizada na urina, tinham elevado risco de atingir os valores considerados doping.Além disso, a ingestão de tabletes de cafeína, que parecem aumentar a absorção da droga quando comparados à ingestão no próprio café, ou o uso de supositórios de cafeína ou de injeções, atingiam facilmente os valores considerados doping.

Propriedades Químicas e Físicas

A cafeína pertence à família química dos alcalóides que são as substância de caráter básico derivado de plantas que contêm, emsua fórmula, basicamente nitrogênio, oxigênio, hidrogênio e carbono, entre os vários alcalóides existentes na natureza, encontram-se as metil-xantinas. Existem 3 metil-xantinas particularmente importantes: a cafeína (3,7 dihidro-1,3,7 trimetil-1H-purina-2,6 diona) comumente chamada de 1,3,7-trimetilxantina, a teofilina (3,7 dihidro-1,3 trimetil-1H-purina-2,6 diona) habitualmente designada...
tracking img