Diversidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
|
|
|
|
|
|
|
|
FACULDADE BOM BOSCO
DE MONTE APRAZÍVEL

Pedagogia
V semestre

Disciplina: CURRÍCULO PROJETO EDUCATIVO

Docente: Maria Clara

Discentes: Analeise nº 05
Clara nº 14
Cléria nº 15
Elizia nº 22
Leiliane nº 45
Márcia nº 53
Pricila nº 62
Silvana nº

Seminário:Indagações sobre Currículo
DIVERSIDADE E CURRÍCULO

2012

DIVERSIDADE E CURRÍCULO
Para a definição de diversidade envolvemos a natureza das diferenças: intelectuais, de gênero, de idade, de raça, de classe social, motoras, sensoriais, de personalidade, culturais (nacionais ou regionais).
A diversidade significa mais possibilidades de adaptações e, portanto, mais possibilidades desobrevivência como espécie.

Educar na Diversidade pressupõe a adoção de um modelo de CURRÍCULO que facilite a aprendizagem de todos os alunos e alunas em sua DIVERSIDADE.

A diversidade é entendida como a construção histórica, cultural e social das diferenças.
É preciso ter clareza sobre a concepção de educação que nos orienta.
Há uma pequena relação entre o olhar e o trato pedagógico dadiversidade e a concepção de educação que informa as práticas educativas.

Significa então variedade, diferença e multiplicidade. Entendida como um FENÔMENO que atravessa o tempo e o espaço e se torna uma questão cada vez mais sérias quanto mais complexas vão se tornando as sociedades.

É nessa perspectiva que privilegiaremos alguns aspectos acerca da diversidade a fim de dar mais elementos àsnossas indagações sobre o currículo.
São eles:
• DIVERSIDADE BIOLÓGICA E CURRÍCULO;
• DIVERSIDADE CULTURAL E CURRÍCULO;
• A LUTA POLÍTICA PELO DIREITO À DIVERSIDADE;
• DIVERSIDADE E CONHECIMENTO;
• DIVERSIDADE E ÉTICA;
• DIVERSIDADE E ORGANIZAÇÃO DOS TEMPOS E ESPAÇOS ESCOLARES.

Algumas considerações sobre a diversidade biológica ou biodiversidade

Do ponto de vista biológico, avariedade de seres vivos e ambientes em conjunto é chamada de diversidade biológica ou biodiversidade. Devemos entender dois aspectos importantes:
1- O ser humano enquanto parte da diversidade biológica não pode ser entendida fora do contexto da diversidade cultural.
2- Toda a discussão a que hoje assistimos sobre a preservação, conservação e uso sustentável da biodiversidade não diz respeitosomente ao uso que o homem faz do ambiente externo, mas, sobretudo, da relação deste como um dos componentes dessa diversidade. Ou seja, os problemas ambientais não são considerados graves porque afetam o planeta, entendido como algo externo, mas porque afetam a todos nós e colocam em risco a vida da espécie humana e a das demais espécies.

A diversidade cultural: algumas reflexões

A diversidadecultural varia de contexto para contexto. Nem sempre aquilo que julgamos como diferença social, histórica e culturalmente construída recebe a mesma interpretação nas diferentes sociedades. Além disso, o modo de ser e de interpretar o mundo também é variado e diverso.

Por isso, a diversidade precisa ser entendida em uma perspectiva relacional. Ou seja, as características, os atributos ou asformas “inventadas” pela cultura para distinguir tanto o sujeito quanto o grupo a que ele pertence dependem do lugar por eles ocupado na sociedade e da relação que mantêm entre si e com os outros.

A luta política pelo direito da diversidade

Os educandos articulados em movimentos sociais, trouxeram a luta pelo direito a diversidade como uma indagação ao campo do currículo, passando além dopedagógico chegando ao campo político.

Esses movimentos indagam a sociedade como um todo e enquanto sujeitos políticos, colocando em cheque a escola uniformizadora. Questionam os currículos, imprimem mudanças nos projetos pedagógicos, interferem na política educacional e na elaboração de leis educacionais e diretrizes curriculares.

Um dos aspectos significativos desse novo cenário é a...
tracking img