Diversidade da psicologia, a: uma construção teórica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1534 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPITULO 4 O SERVIÇO SOCIAL E A QUESTÃO RACIAL

A discriminação racial não é um fato a mais das desigualdades sociais, mas está na sua base, uma vez que atravessa todos os aspectos da vida em sociedade da população negra. Portanto a questão racial não é deslocada da questão social; pois se entendemos que a questão social é a expressão do processo de aviltamento da vida humana resultante dasrelações sociais capitalistas, a população negra é, de forma evidente, um dos segmentos mais vulneráveis, pois, no capitalismo, as desigualdades sociais, econômicas, políticas e culturais são permeadas pela discriminação e pelo preconceito racial.

Segundo Ianni (1988), os antagonismos e conflitos sociais que envolvem a questão racial têm suas raízes nas contradições próprias da sociedadecapitalista e estão intrinsecamente relacionada com a questão social, que ao ser naturalizada e criminalizada impede uma abordagem crítica e uma intervenção eficaz no que diz respeito as suas expressões. O assistente social tem como principal instrumento de trabalho as políticas sociais; e não é possível pensar em políticas sociais no Brasil sem considerar o diferencial gerado pela exclusão econômica,social e cultural da população negra. A categoria “raça” é um dos principais instrumentos de analise para a construção do sistema de exclusão social, econômica e cultural que vivencia a maioria da população brasileira.

Descendente do africano escravizado, marcado pela diáspora e pelo holocausto, compondo a mais numerosa coletividade, dentre as várias etnias; mesmo porque os brancos distribuem - seem distintas nacionalidades, fidelidades e identidades; sem esquecer que muitos compõem amplamente os trabalhadores assalariados, as classes e setores subalternos, mesclando-se com os negros e outras etnias em locais de trabalho, produção e reprodução. Sim, grande parte da questão racial no Brasil diz respeito ao negro, como etnia e categoria social, como a mais numerosa “raça”, no sentido decategoria criada socialmente, na trama das relações sociais desiguais, no jogo das forças sociais, como as quais se reiteram e desenvolvem hierarquias, desigualdades e alienações (IANNI, 2004, p. 143).

Lentamente a categoria vem despertando para o fato de que o racismo tem uma função, que é manter a subordinação da população negra e definir seus lugares na sociedade capitalista. O Serviço Social,enquanto categoria, começa a apreender que a discussão racial é a discussão da garantia e efetivação de direitos para esta população historicamente discriminada.

O conjunto CFESS-CRESS, representação principal da categoria, vem inscrevendo na sua agenda a questão racial. As políticas de ações afirmativas foram pautadas diretamente com a realização da Campanha Nacional de Combate ao Racismo,conduzida pelo CFESS (2002- 2005), intitulada “Serviço Social: mudando os rumos da história – reagir contra o racismo é lutar por direitos”. No 39º Encontro Nacional CFESS-CRESS, realizado em Florianópolis (SC), o tema teve destaque com a mesa: “Limites da igualdade e do respeito à diversidade humana no capitalismo - a relação entre as políticas de ações afirmativas e o Projeto Ético-políticoprofissional”. O número de trabalhos apresentados no CBAS e ENPESS tem aumentado de forma quantitativa e qualitativa, o que demonstra o amadurecimento da categoria em relação a discussão racial. A ABEPSS lançará no próximo ENPESS um grupo de trabalho no qual a questão racial e étnica será o tema principal. Alguns CRESS como o do Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo fazem a discussão racial através decomissões temáticas.

A luta contra todas as formas de discriminação e o compromisso com a liberdade e a justiça social são alguns valores norteadores do projeto ético-político profissional do assistente social. O reconhecimento, por parte da categoria, de que as desigualdades vivenciadas pela população negra não são causadas somente pela vigência do modo de produção capitalista, mas, também pelo...
tracking img