Diversidade cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1043 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Diversidade Cultural no Brasil apresenta-se de forma muito peculiar dada à sua riqueza, fruto da mistura de vários povos (índios, negros, portugueses, japoneses, holandeses, italianos, espanhóis, turcos, etc) que ajudaram a construir este país.
Como o processo educativo é construção, as relações sociais são tecidas todos os dias. Ao aprender sobre os costumes do outro, a maneira de viver dooutro, aprende-se também sobre si mesmo. O Eu passa a ser também Nós. Não há cultura inferior ou superior, melhor ou pior, há culturas diferentes, singulares e ao mesmo tempo complexas, mas todas são necessárias. O que se espera do professor é que este tenha a clareza e a decência de desenvolver em seus alunos o senso crítico que permite reconhecer o diferente como apenas diferente, o que nãosignifica distante ou estranho

A tolerância, o respeito mútuo, a solidariedade são questões que devem não apenas serem ensinadas na Escola, mas apreendidas e vivenciadas, permeando todas as relações, professor-aluno e vice-versa, diretor-funcionários, alunos-alunos, escola-comunidade. Criar um clima de diálogo, é fundamental, é preciso dar voz e vez aos alunos e a todos os atores envolvidos noprocesso educacional.
O Currículo da Escola deve ser vivo, aberto e flexível, atento à uma perspectiva interdisciplinar, que garanta a participação e a valorização de todos. A Escola sendo um lugar privilegiado de aprendizagens, tem na figura do professor um agente-mediador no processo de consolidação da Diversidade Cultural na sociedade em que “com-vivemos”. O professor deve estar afinado à umaprática que valorize a dignidade, a justiça , a cidadania.
PROCESSO EDUCATIVO NO CONTEXTO HISTÓRICO
O século XX foi marcado por inúmeras mudanças. A globalização e a rapidez das informações mudaram por completo a vida da sociedade contemporânea. Da mesma forma os valores morais perderam a solidez. O pluralismo com sua multiplicidade de idéias, coloca em xeque uma visão de mundo com aspirações “averdade absoluta”.
Também a educação mudou de maneira fantástica. Ao contrário da educação antiga em que o objetivo era promover o ajustamento da criança ao seu ambiente físico e social por meio da aquisição da experiência de gerações passadas, através da imitação, onde os professores eram os próprios chefes da família e sacerdotes, hoje em dia precisamos obter uma formação abrangente, com acessoaos mais diversos campos da cultura, como história, geografia, política, arte etc. sem deixar de lado os valores morais e éticos necessários para a formação do cidadão. A educação não deve ser função somente da escola ou família. Deve ser função de todos, cada um, contribuindo com suas respectivas responsabilidades. Hoje em dia fala se muito sobre as mudanças que a globalização provocou nasociedade e que ainda vem provocando. Vivemos um momento de crise de onde os antigos valores caíram por terra e os que surgiram não são consistente o suficiente para que se possa servir de apoio. O relativismo e pluralidade de valores exigem da família um grande esforço para a educação dos filhos. É necessário pensar a função da escola neste novo contexto como afirma a prof.ª Marli Guaita Calixto:
“Comseu papel fundamental na família e num meio social mais amplo, como umas das esferas de produção de capacidade de trabalho, a escola é hoje objeto de muitas discussões e propostas que visam a sua reestruturação numa sociedade rasgada por contradições”.
Segundo a Declaração Universal dos Direitos do Homem, “toda pessoa tem direito à educação”, “a educação deve visar ao pleno desenvolvimento dapersonalidade humana e ao fortalecimento do respeito pelos direitos do homem e pelas liberdades fundamentais”. Mas o que observamos é que no Brasil a escola está longe de cumprir o que foi estabelecido pelas Nações Unidas. Ao invés de contribuir para eliminar as diferenças e desigualdades sociais percebemos que muitas vezes ela mantém e ainda reforça essas diferenças. A própria UNESCO chama a...
tracking img