Diversidade animal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1654 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
5.1. Nematódeos parasitas do ser humano
As principais parasitoses humanas provocadas por nematódeos no Brasil estão resumidas a seguir. As espécies mencionadas têm sexos separados, e a fecundação é sempre interna.
Ascaris Lumbricoides (lombriga)
* Ciclo de vida: os vermes adultos vivem no intestino humano, onde se reproduzem.
Os ovos são eliminados pelo poro genital das fêmeas emisturam-se com as fezes do ser humano. Ao defecar, a pessoa elimina esses ovos e pode contaminar o meio. Se ingeridos pelo ser humano, esses ovos eclodem no intestino, dando origem a larvas que perfuram a parede intestinal e caem na corrente sanguínea. Passam pelo fígado, coração, chegando aos pulmões. Perfuram os alvéolos pulmonares e sobem pelos brônquios até atingir a faringe. São Normalmentedeglutidos e, ao atingirem o intestino, dão origem aos vermes adultos, reiniciando o ciclo.

Fêmea de Ascaris lumbricoudes.
Pode medir até 40 cm de comprimento.

* Modo de transmissão: ingestão de alimentos e de água contaminados por ovos de lombriga.
* Medidas profiláticas: saneamento básico: lavar bem os alimentos; tratar com cloro ou ferver a água antes de ingeri-la; lavar as mãos antedas refeições; tratamento dos doentes.
* Sintomas: cólicas intestinais e náuseas; bronquite e pneumonia em decorrência de migração de larvas do parasita, respectivamente para brônquios e pulmões.
Ancylostoma duodenale e Necator americanus
* Doença: ancilostomose, necatoríase, opilação ou amarelão.
* Ciclo de vida: os adultos vivem no intestino delgado humano, onde se reproduzem. Elesapresentam estruturas cortantes ao redor da boca, com as quais causam lesões à parede do intestino delgado. As fêmeas eliminam os ovos, que vão se misturar com as fezes do hospedeiro. Ao defecar, a pessoa elimina esses ovos juntamente com as fezes, podendo contaminar o meio. Desses ovos eclodem larvas que ficam no solo úmido, de onde podem penetrar ativamente na pele humana. São conduzidas pelacorrente sanguínea até o pulmão, perfuram os alvéolos, vão para os brônquios e para a boca. São engolidas, passam para o intestino, dão origem ao verme adulto e reinicia o ciclo.

Exemplar de Ancylostoma duodenale.
Mede cerca d 15 mm de comprimento.

* Modo de transmissão: penetração ativa na pele humana de larvas do parasita presente no solo.
* Medidas profiláticas: saneamento básico;evitar contato da pele com solos contaminados por larvas; tratamento de doentes.
* Sintomas: anemia por perda de sangue nas lesões da parede do intestino delgado provocadas pelos parasitas. A pessoa fica pálida, amarelada e fraca. Há também irritação na pele no momento da penetração da larva, e problemas pulmonares, em decorrência da fase em que os parasitas atingem os pulmões.
Ancylostomabraziliensis
* Doença: bicho-geográfico ou larva migrans.
* Ciclo de vida: os adultos vivem no intestino do cão ou do gato e medem cerca de 15 mm de comprimento. Após a fecundação, os ovos são liberados pelas fêmeas e misturam-se com as fezes do hospedeiro. O cão ou o gato, ao defecarem, eliminam seus ovos. Deles eclodem larvas que ficam no solo. Se essas larvas penetrarem na pele humana, aslarvas passam a se deslocar dentro da pele, irritando-a e deixando linhas avermelhadas. Neste último caso, não há formação dos adultos, e o ciclo do parasita não se completa.
* Modo de transmissão: penetração ativa de larvas de Ancylostoma braziliensis na pele humana.
* Medidas profiláticas: evitar contato da pele com solo ou areia contaminado por larvas do parasita. Não levar cães egatos para praias ou tanques de areia.
* Sintomas: forte irritação da pele, com coceia intensa, especialmente à noite, o que pode causar insônia. A movimentação das larvas na pele produz caminhos sinuosos visíveis a olho nu como linhas avermelhadas, por isso o nome bicho-geográfico.
Wuchereria bancrofti (filaria)
* Doença: filariose, que pode levar á elefantíase.
* Ciclo de vida: os...
tracking img