Ditadura militar no brasil e na américa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1850 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
História

Ditadura Militar no Brasil
Antecedentes:
Jango perdia o controle de seu governo devido as inúmeras disputas entre as forças políticas.
A esquerda queria a aceleração e o aprofundamento das reformas (Leonel Bizola comandava a campanha)
A direita, principalmente os militares, propunham uma intervenção contra a chamada ‘República Sindicalista’ ou ‘esquerdização’ do país.
Comíciofavorável a Jango em 13 de março no Rio de Janeiro que reuniu cerca de 150 mil pessoas onde anunciou o início das reformas.
Na semana seguinte passeata em São Paulo ‘ A Marcha da Família com Deus pela Liberdade’ rganizadas por senhoras católicas conservadoras.
Tropa nas ruas comandadas pelos Generais Olympio Mourão Filho e Carlos Ludes Guedes dirigiram-se até o Rio para depor Jango.
Jango vaipara o Rio Grande do Sul esperando receber apoio, mas não o recebe e foge para o Uruguai.
A deposição de Jango marca o fim do governo populista iniciado em 1930 e terminado em 1945, sendo término do intervalo popular no Brasil.

No lugar de Jango assume uma junta militar que decretou o AI-1, dando poder ao Congresso de eleger o presidente.
14 de abril é eleito o General Humberto CasteloBranco.

Ditadura Militar
UDN PSD X outros militares
Tinham como ponto comum no golpe estabelecer um poder Executivo forte capaz de organizar o novo sistema e desarticular as estruturas políticas e as organizações da sociedade. O AI-1 é essencial para isso pois fortaleceu o Executivo dando-lhe poder para caçar mandatos, perseguir funcionários, suspender direitos políticos, etc.
A intervençãoseria passageira, serviria somente para acabar e salvar o país do comunismo, da corrupção e da inflação.
Começo das cassações políticas, sindicalistas e lideranças sociais, além das perseguições a órgão de imprensa, lideranças civis, intelectuais, etc. e expurgos (expulsão e ou exílio.) no funcionalismo, universidades e Forças Armadas.

SORBONE X LINHA DURA
Castelo Branco
Primeiropresidente da ditadura militar escolhido indiretamente (era do ‘Sorbonne’)
AI-2: dissolveu partidos políticos (acabou com o pluripartidarismo) - ARENA e MDB-
AI-3: estabelecimento da eleição indireta através das assembléias para os governos estaduais. Com o objetivo de impedir que se repetissem fatos como o ocorrido nas eleições de 1965 , onde foram eleitos simpatizantes do populismo de Getúlio eJuscelino.
AI-4: reconvocação do Congresso para aprovar a constituição de 1967, que incluía duras medidas como a lei da Imprensa e da Segurança Nacional.
Os castelistas (Sorbonne) queriam reformar o sistema econômico e modernizá-lo. Plano de Ação Econômica do Governo (PAEG) . Para conter a inflação adotaram a política de contenção de salários, cortes nos gastos públicos e aumentos de impostos afim de reduzir o déficit público. Criam medidas que facilitassem a entrada e saída do capital estrangeiro.
A economia nacional entrou em equilíbrio após as medidas com crescimento industrial e agrícola.

De 1967 até 1974 houve uma radicalização do processo político interno e externo, significou o afastamento da linha castelista e dos políticos civis dos círculos de decisões , havia maisrepressão. O poder era concentrado na mão do presidente e isolamento dos moderados e da oposição proporcionaram um endurecimento do regime, iniciando um dos períodos mais tenebrosos da história política brasileira.


Arthur Costa e Silva
Com a demora na reabertura do processo político, a decretação de seguidos atos institucionais e a marginalização dos círculos de poder fizeram com quediversos líderes políticos passassem para a oposição.
Setores da Igreja manifestaram a sua insatisfação com o processo político e com o tratamento dado as questões sociais. Os estudantes voltaram à ativa, mesmo com as suas entidades permanecendo na ilegalidade. Greves operárias colidiram em Osasco e Belo Horizonte, mas foram reprimidas pelo governo. O ponto culminante foi a passeata dos 100 mil no...
tracking img