Distribuição de vinhos por pequenos importadores no mercado de são paulo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1333 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DISTRIBUIÇÃO DE VINHOS POR PEQUENOS IMPORTADORES NO MERCADO DE SÃO PAULO

LETÍCIA MAROTE

SENAC-SP

Administração de Negócios do Vinho

ESTRATÉGIAS DE DISTRIBUIÇÃO

Prof. Francisco Carlos Gimenez Figueiredo

1. Introdução

O objetivo deste trabalho é estudar a distribuição de pequenos importadores no mercado de São Paulo.

São Paulo

2 Mercado

A cidade de São Paulo,segunda maior cidade no mundo em número de restaurantes (12,5 mil restaurantes, 52 tipos de cozinhas, 500 churrascarias, 250 restaurantes japoneses, 15 mil bares, 3.200 padarias,)[1], é certamente um dos mercados gastronômicos mais importantes do mundo.

Um lugar ideal para importadoras de vinhos no mercado brasileiro de vinhos: jovem, rico e em desenvolvimento.

A história da vinicultura noBrasil data em 1532, quando os colonizadores portugueses trouxeram a cultura para o pais. Encontrando dificuldades pelo clima pouco frio no inverno e muito úmido no verão. Um desafio grande para a produção de vinhos no pais, sendo o sul a região que mais se adaptou para o cultivo de vinhos de qualidade.

Segundo o Euromonitor, o total de produção de vinhos no Brasil em 2010 foi de 33 milhões de L devinhos finos e 233 milhões de vinhos de mesa.

O consumo de vinho per capita brasileiro é considerado baixo, 1,87 L, comparado com países com longa tradição com França, 50 litros/ano. Na América do Sul, o Uruguai lidera o consumo de vinho, com 33 litros por pessoa/ano.

Rio Grande do Sul é o estado com maior consumo (principalmente de vinho nacional), seguido por São Paulo:

CONSUMODE VINHOS NO BRASIL
(Consumo por Estado em litros per capita / ano)
Fonte: UVIBRA (União dos Vitivinicultores do Brasil) - 1994
|ESTADOS |Consumo |ESTADOS |Consumo |
|1º. |Rio Grande do |4,80 |13º. |Bahia |0,79 |
| |Sul || | | |
|2º. |São Paulo |3,95 |14º. |Rondônia |0,74 |
|3º. |Paraná |3,20 |15º. |Mato Grosso |0,60 |
|4º. |Esp. Santo e Rio|2,36 |16º. |Amazonas|0,68 |
| |Janeiro | | | | |
|5º. |Santa Catarina |1,99 |17º. |Pernambuco |0,61 |
|6º. |Distrito Federal|1,21 |18º. |Paraíba |0,43 |
|7º. |Minas Gerais |1,17|19º. |Ceará |0,32 |
|8º. |Amapá |1,06 |20º. |Pará |0,27 |
|9º. |Acre |1,09 |21º. |Rio Grande Norte |0,14 |
|10º. |Roraima |0,92 |22º. |Sergipe|0,11 |
|11º. |Goiás |0,90 |23º. |Alagoas e Tocantins |0,10 |
|12º.  |Mato  Grosso do |0,82 |24º. |Maranhão e Piauí |0,08 |
| |Sul | | | | |

• Rio Grande do Sulproduz 92% do vinho brasileiro. (UVIBRA, 1994).
• O Brasil é o 5o. produtor e o 27o. consumidor mundial (30 litros per capita / ano) de cerveja (HOUAISS, A., 1984)
• O Brasil é o maior consumidor mundial (15 litros per capita / ano) de destilados  (PAULA SANTOS, S., 1984 e 1992).

Neste contexto, o mercado abre um grande espaço para vinhos importados. Em 2007, 59.6 milhões...
tracking img