Distúrbios alimentares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CUIABÁ
CST EM ESTÉTICA E COSMÉTICA

DISTÚRBIOS ALIMENTARES E ESTÉTICA

EQUIPE:
DAIANA G. S. LOBO
JENIFER CARLA
JÉSSICA SILVA
LUZIA PEREIRA
SILVANIA CORONEL

Cuiabá

Maio - 2011

DAIANA G. S. LOBO

JENIFER CARLA
JÉSSICA SILVA
LUZIA PEREIRA
SILVANIA CORONEL

DISTÚRBIOS ALIMENTARES E ESTICA

Trabalhoapresentado à Professora Leila Lobo, da disciplina Psicologia Aplicada à Estética, da turma 54420111, turno Noturno, do curso de Estética e Cosmética.

Cuiabá

Maio/2011

Sumário

Introdução 4
Que são transtornos alimentares? 5
Histórico 6
Aspectos neurológicos e sócio-culturais dos Transtornos Alimentares 8Alterações Cerebrais e Transtornos Alimentares 9
1. - Anorexia Nervosa 11

2. - Bulimia Nervosa 12

3. - Síndrome do Gourmet 13

4. - Transtorno Alimentar Noturno 13

5. – Pica 14

6. - Síndrome de Prader-Willy 14

7. - Transtorno do Comer Compulsivo 15

Por que os Transtornos Alimentares aumentaram e acometeram preferentemente as mulheres? 17
Conclusão 20Bibliografia 21

Página | 4
Introdução

Os transtornos alimentares são síndromes complexas nas quais as interações entre fatores ambientais, psicológicos e fisiológicos criam e mantêm o comportamento alimentar e perturbado.
Esses distúrbios alimentares diretamente relacionados com o lado psicológico têm de um lado os pacientes com anorexia nervosa perdendo peso exageradamente,e de outro lado pacientes com bulimia nervosa que ingerem energia em excesso.
O tratamento para distúrbio alimentar é geralmente seguido por nutricionistas, médicos, psicoterapêutas e psiquiatras, (é necessária uma equipe multidisciplinar). É necessário convencer tanto o paciente como a sua família que a ajuda pode ser um grande passo para a cura. Muitas vezes necessita dehospitalização.
Para o sucesso no tratamento é necessário um cuidado nutricional, que primeiramente deve contribuir para mudar as idéias dos pacientes sobre os alimentos, esses tendo que ser ingeridos gradualmente quando se tem anorexia e ingeridos adequadamente quando o doente apresenta bulimia.
Emagrecer a qualquer custo é característica da sociedade moderna que encontra na contradição o seumaior estigma: nunca se comeu tanto e de maneira tão errada, assim como nunca houve tanta preocupação em se perder peso. Essas doenças muitas vezes ocorrem por influência da sociedade que tem como padrão a magreza dos modelos.

Página | 5

Que são transtornos alimentares?

Os Transtornos Alimentares são definidos como desvios do comportamento alimentar que podem levar ao emagrecimentoextremo (caquexia) ou à obesidade, entre outros problemas físicos e incapacidades.
Os principais tipos de Transtornos Alimentares são a Anorexia Nervosa e a Bulimia Nervosa. Essas duas patologias são intimamente relacionadas por representarem alguns sintomas em comum: uma idéia prevalente envolvendo a preocupação excessiva com o peso, uma representação alterada da forma corporal e ummedo patológico de engordar. Em ambos os quadros os pacientes estabelecem um julgamento de si mesmos indevidamente baseados na forma física, as quais freqüentemente percebem de forma distorcida. 
O impacto que os Transtornos Alimentares exercem sobre as mulheres é mais prevalente, ainda que a incidência masculina esteja aumentando assustadoramente. AVigorexia, por exemplo, tem sido predominante nos homens, mas já se estão detectando casos de mulheres obcecadas pelo músculo. Já os Transtornos Dismórficos acometem igualmente ambos os sexos. 
Em uma combinação quase fisiológica entre a aspiração de ser admirado, tornar-se famosa, ficar rica e ter sucesso (nessa ordem), estimuladas ainda por profissionais da moda de gosto anatômicos extremamente...
tracking img