Dispositivos eletricos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3511 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Availdo Cândido Cunha
Albertino de OLiveira
David Junio
Flávio da Cruz Dias
Marcelo da Silva Duarte









Instalações Elétricas
Dispositivos de Proteção









CET- Centro de Educação Tecnológica
Eletrotécnica
Módulo III
Availdo Cândido Cunha
Albertino de OLiveira
David Junio
Flávio da Cruz Dias
Marcelo da Silva Duarte












InstalaçõesElétricas
Dispositivos de Proteção







CET- Centro de Educação Tecnológica
Eletrotécnica
Módulo III
Sumário
Introdução 3
Interruptor Diferencial Residual – DR 5
Funcionamento dos Dispositivos Diferenciais Residuais 6
Norma aplicável 9
Disjuntores termomagnéticos 9
Relés térmicos 11
Funcionamento físico de um relê térmico 12
Termostato 12
Fusíveis 15
Tipos de fusíveis 17Introdução

As instalações elétricas estão sujeitas a vários tipos de alterações, sejam elas de ordem operacional ou funcional. Por isto construir um circuito bem protegido é fator essencial para um bom funcionamento do mesmo.
Nosso trabalho tem por objetivo falar sobre alguns tipos de protetores utilizados para tal proteção, onde citaremos suas características eaplicações dentro de suas especificações.
Disjuntores Diferencial Residual – DR
É um dispositivo constituído de um disjuntor termomagnético acoplado a um outro dispositivo: o Diferencial Residual.
Sendo assim ele conjuga as duas funções:
[pic]
Com sua função de disjuntor ele protege os fios dos circuitos contra sobrecarga e curto-circuito e na sua função de Diferencial Residual ele protege aspessoas contra choques elétricos provocados por contatos diretos e indiretos.
Os disjuntores Diferenciais Residuais devem ser ligados aos condutores fase e neutro dos circuitos, sendo que o neutro não pode ser aterrado após o DR.
Os tipos mais usuais de disjuntores DR de alta sensibilidade são:
[pic]





Interruptor Diferencial Residual – DR

Ao contrário dos disjuntorestermomagnéticos, a função principal dos interruptores diferenciais residuais (DR) é proteger as pessoas que utilizam a energia elétrica, e não, a instalação.
O principal problema para o ser humano em relação à energia elétrica são os eventuais choques. Estes ocorrem sempre que houver um contato com um condutor ou equipamento energizado. Nesse instante, a pessoa passa a desempenhar o papel de meio condutor deeletricidade do sistema para a terra.
Os efeitos dessa passagem de corrente elétrica através do corpo humano variam de um simples susto a ferimentos graves, ou até mesmo à morte. A falta para a terra também pode gerar faíscas e produzir incêndios. O interruptor diferencial detecta toda a passagem de corrente para a terra e desliga o circuito elétrico, ou seja, será útil tanto na proteção contrachoques (proteção pessoal) como, também, contra incêndios (proteção de patrimônio).
[pic]
Proteções 
Contato Indireto:
No caso de uma falta interna de algum equipamento, peças de metal podem tornar-se "Vivas" (energizadas).
Contato Direto [pic].
Contato direto com partes "vivas" pode ocasionar fuga de corrente elétrica, através do corpo humano, para a terra.
Contra incêndio
Correntes paraterra de 500mA podem gerar arcos/faíscas e provocar incêndios.

Funcionamento dos Dispositivos Diferenciais Residuais

O funcionamento de um disjuntor e um interruptor DR são iguais, eles medem permanentemente a soma vetorial das correntes que percorrem os condutores de um circuito. Enquanto o circuito se mantiver eletricamente são, a soma vetorial das correntes nos seus condutores é praticamentenula. Ocorrendo falha de isolamento em um equipamento. Ocorrendo falha de isolamento em um equipamento alimentado por esse circuito, irromperá uma corrente de falta à terra - ou, numa linguagem rudimentar, haverá "vazamento", a soma vetorial das correntes nos condutores monitorados pelo DR não é mais nula e o dispositivo detecta justamente essa diferença de corrente.
A situação é análoga se...
tracking img