Dislipidemias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3835 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Medicina, Ribeirão Preto, 37: 189-198, jul./dez. 2004

Simpósio: SEMIOLOGIA Capítulo I

MECANISMOS DE FORMAÇÃO DE EDEMAS
MECHANISMS OF EDEMA FORMATION

Eduardo Barbosa Coelho

Docente. Disciplina de Nefrologia. Departamento de Clínica Médica. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP. CORRESPONDÊNCIA: Av Bandeirantes, 3900, CEP 14048-900 - Ribeirão Preto - SP - email:ebcoelho@fmrp.usp.br - Fone: 16-602-2543 / Fax: 16- 633-6695

COELHO EB. Mecanismos de formação de edemas. Medicina, Ribeirão Preto, 37: 189-198, jul./dez. 2004

RESUMO: Edema é definido como acúmulo de fluido no espaço intersticial. Nesta revisão, discutem-se os mecanismos formadores de edemas localizados e dos grandes edemas (generalizados), assim como aspectos semiológicos, empregados em seu diagnósticodiferencial. São detalhados os mecanismos patofisiológicos dos edemas cardíaco, cirrótico e renal (síndromes nefrítica e nefrótica) com destaque para as alterações dos mecanismos de controle do volume arterial efetivo. UNITERMOS: Edema; fisiopatologia. Fibrose. Nefrite. Síndrome. Síndrome Nefrótica. Insuficiência Cardíaca.

1- INTRODUÇÃO Edema é definido como acúmulo de líquido no espaçointersticial. Na prática clínica, nos deparamonos com pacientes com edemas de pequenas dimensões, localizados, por exemplo, em uma extremidade de um membro. Em outras situações, somos apresentados a pacientes com grandes edemas, envolvendo, inclusive, cavidades. Para que o edema ocorra, deve haver uma quebra dos mecanismos que controlam a distribuição do volume de líquido no espaço intersticial. Essadesregulação pode ser localizada e envolver apenas os fatores que influenciam o fluxo de fluido ao longo do leito capilar, ou, ainda, pode ser secundária a alterações dos mecanismos de controle do volume do compartimento extracelular e do líquido corporal total, o que, na maioria das vezes, ocasiona edema generalizado. A compreensão dos mecanismos formadores de edema é complexa e, em muitas situações,incompleta. Entretanto, o conhecimento dos mecanismos fisiopatológicos, envolvidos na formação do edema permite uma racionalização terapêutica na busca dos

melhores resultados possíveis. Esta revisão pretende discutir os principais mecanismos locais, responsáveis pela formação do edema, ou seja, rever e discutir o equilíbrio capilar de Starling, assim como conhecer os mecanismos envolvidos nainstalação e manutenção dos grandes edemas, levando à identificação dos mesmos através de conhecimentos semiológicos. 2- ASPECTOS FISIOPATOLÓGICOS - EQUILÍBRIO DE STARLING Em 1896, Starling descreveu as forças fisiológicas que controlam o movimento de fluidos ao longo do leito capilar, e que, quando alteradas, podem gerar o edema(1). Em resumo, o fluxo dos fluidos, no nível capilar, depende dapermeabilidade da parede capilar, definida pela constante Kf, e pela diferença entre as variações das pressão hidrostática ( Pc) e da pressão oncótica ( c) ao longo do leito capilar. Assim: Fluxo = Kf . ( Pc c)

189

Coelho, EB

A Figura 1 esquematiza o equilíbrio de Starling no nível do leito capilar. Em condições fisiológicas, espera-se que a pressão hidrostática, na extremidade arteriolardo leito capilar, seja maior que a pressão oncótica do plasma. Esse gradiente de pressão faz com que haja fluxo de fluido do compartimento intravascular para o interstício. Ao longo do capilar, a pressão hidrostática se reduz de forma significativa. Em adição, a saída do fluido intravascular faz com que a concentração de proteínas intracapilares se eleve, o que acarretará um discreto aumento dapressão oncótica. Assim, somados esses fatores, ocorrerá inversão do gradiente de pressão na extremidade venosa da rede capilar, ou seja, a pressão oncótica tornar-seá maior que a pressão hidrostática. O eventual excesso de líquido no espaço intersticial será drenado através dos vasos linfáticos. Perturbações nas variáveis que regem o equilíbrio de Starling poderão ocasionar edema. Caso ocorram em...
tracking img