DISLEXIA

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3754 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DE SAÚDE
CURSO DE PSICOLOGIA







DISLEXIA











CURITIBA
2013
Simone Braga Cortes
Thauana Santos de Araújo






DISLEXIA




Trabalho apresentado ao curso de Psicologia da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Tuiuti do Paraná pelas alunas do 8º período – manhã, como requisito parcial para aobtenção da nota do 2º bimestre na disciplina Psicologia Escolar e Educacional IV Aplicada.
Orientadora: Profª. Irene C. P. Prestes.







CURITIBA
2013
Origem da dislexia

Identificada pela primeira vez por Berklan, a palavra dislexia é formada pela fusão das palavras gregas dis que significa difícil e lexis quesignifica letra, caracterizando uma dificuldade na área da leitura, escrita e soletração. O termo foi pela primeira vez denominado por um oftalmologista alemão Rudolf Berlin que utilizou o termo para se referir a um jovem de 14 anos que apresentava dificuldade de escrita e leitura ao mesmo tempo, porém apresentava capacidades intelectuais normais, embora acredita-se que o problema era de visão. Em 1925Samuel T. Orton, neurologista e um dos pioneiros no estudo da dislexia, observou que a dificuldade de leitura e escrita não estava relacionada à visão e sim que as dificuldades eram causadas por uma falha da lateralização do cérebro. A definição utilizada pela Associação Brasileira de Dislexia (ABD) é a de 1994 da International Dyslexia Association (IDA): “Dislexia é um dos muitos distúrbios deaprendizagem caracterizado pela dificuldade de decodificação das palavras simples, mostrando uma insuficiência no processamento fonológico”. Segundo levantamento realizado pela ABD, em média 40% dos casos diagnosticados na fase mais crítica, entre 10 e 12 anos, são de grau severo, 40% são de grau moderado e 20% de grau leve, ocorrendo uma maior incidência em meninos (ORTON, 1925).

Dislexia

Adislexia é um transtorno genético e hereditário da linguagem, de origem neurobiológica, não causada por uma baixa na inteligência, que pode manifestar-se em crianças saudáveis, inteligentes, com estímulos sócio culturais apropriados e que não manifestam problemas de ordem sensorial ou emocional, porém existe uma grande dificuldade em aprender a ler, caracterizado pela dificuldade de decodificar oestímulo escrito ou o símbolo gráfico. O problema não é comportamental, psicológico, de motivação ou social. É um funcionamento característico do cérebro para o processamento da linguagem, onde os disléxicos processam as informações de um modo particular, cada qual com suas características, habilidades e dificuldades próprias. As dificuldades apresentadas na dislexia pelos portadores que nãoconseguem associar os fonemas às letras podem apresentar-se em diferentes graus.

Sintomas

Os sintomas tornam-se mais evidentes durante a fase da alfabetização e mudam de acordo com os diferentes graus de seriedade do distúrbio. As seguintes dificuldades apresentam-se como as mais comuns:
- Para ler, escrever e soletrar;
- De entendimento do texto escrito;
- Para identificar fonemas,associá-los às letras e reconhecer rimas e aliterações (repetição das mesmas letras, sílabas ou sons numa frase);
-Para decorar a tabuada, reconhecer símbolos e conceitos matemáticos;
- Ortográficas: troca de letras, inversão, omissão ou acréscimo de letras e sílabas;
- De organização temporal e espacial e coordenação motora.

Dislexia e a vida escolar

A dificuldade de aprendizagemrelacionada com a linguagem (leitura, escrita e ortografia) pode ser diagnosticada inicialmente e informalmente pelo professor da língua materna, com formação na área de letras e com habilitação em pedagogia devendo ser confirmado por um neurologista na área da neurolinguística, segundo Aliende e Cobdenmarin (apud ORTON, 1925). O professor pode observar a velocidade da leitura do aluno empregando os...
tracking img