Dislexia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1420 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Pode-se entender aprendizagem num sentido amplo e num sentido restrito. Este ultimo refere-se ao problema clínico, tal como se apresenta no consultório e na escola. Outros são de caráter normativo e ideológico e na maioria dos casos fatores contribuem como é evidente nos casos de erros de ortografia.
Pode-se considerar o problema de aprendizagem como um sintoma no sentido de queo não, configura um quadro permanente, mas ingressa numa série de comportamentos.
Os problemas de aprendizagem são considerados não como o contrário de aprender, mas como um processo diferente um estado particular que para equilibrar-se precisa adotar um determinado tipo de comportamento que determina, o não aprender é que cumpre uma função positiva.
Os professores junto com orientadores epais devem ser capazes de reconhecer e mencionar as supostas dificuldades seja ela oral ou escrita e compartilhar os acontecimentos sobre a evolução da aprendizagem dos educandos.
Será abordado aqui, o transtorno de aprendizagem, conhecido como dislexia existente nas salas de aulas, e que muitas vezes não é percebido e nem detectado pelos educadores, as condições de aprendizagem e asdiferenças individuais como fator de aperfeiçoamento da construção do conhecimento e a reeducação destes alunos.

CAPÍTULO I

1 – O PROBLEMA

1. – Situação Problema
Qual o procedimento do professor em relação ao disléxico?

2. – Objetivo de Estudo

1. – Objetivo Geral

Analisar as condições de intervenção para o domínio da leitura e da escrita com o disléxico.

2. –Objetivo Específico
Definir a origem da dislexia
Definir elementos para atuação do professor em sala de aula
Analisar a dificuldade de aprendizagem

3. – HIPÓTESE
Incrementar estratégias para a aprendizagem do aluno

4. – DELIMITAÇÃO DE ESTUDO

O tema será desenvolvido por meio de cunho bibliográfico através de
revistas, livros, artigos dejornais e sites publicados em Português.

CAPÍTULO II

2 - COMO RECONHECER DISLEXIA?

A dislexia é certamente um obstáculo difícil, mas não barreira intransponível. Em primeiro lugar, o importante é que o obstáculo deve ser reconhecido. Se os pais e professores compreenderem exatamente quais são as dificuldades que uma criança com dislexia apresenta, eles poderão ser muito úteis, nãosomente mostrando simpatia e encorajamento, mas principalmente buscando uma didática mais adequada. A criança com dislexia difere das outra de mesma idade de várias maneiras. Estas diferenças não são evidentes em todas as crianças com dislexia e elas ocorrem em diversas combinações.
O nível das dificuldades também varia muito. Pais e professores poderão reconhecer se as dificuldades são devidas adislexia, fazendo a si próprios as perguntas que se seguem. A dislexia ocorre mais em meninos, porém pode aparecer também em meninas.
Segundo LUCZYNSKI (2002, P. 134) dislexia é muito mais do que uma dificuldade em leitura, embora muitas vezes ainda lhe seja atribuído este siguinificado circunscrito.
Refere-se á disfunção ou dano no uso de palavras. O prefixo “dys”, grego,significando imperfeita como disfunção, isto é, uma função anormal ou prejudicada; “lexia”, do grego referente ao uso de palavras (não somente em leitura).

2.1 - COMO IDENTIFICAR ?

A dificuldade específica de leitura ou Dislexia é a mais conhecida e mais estudada forma de dificuldade específica de aprendizagem, conforme já afirmamos anteriormente.
Para que o termo Dislexia tenha algumsignificado, ele deve ser utilizado somente para crianças que tenham consideráveis dificuldades para aprender a ler, que estejam fora da média (SELIKOWITZ, 2001, p.5).
A Dislexia, normalmente, é diagnosticada quando a criança está na escola; na maioria das vezes, ela não se torna evidente até que aumentem as exigências do trabalho acadêmico, a partir dos oito anos de idade.
As áreas...
tracking img