Disjuntores dr

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1638 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Disjuntor Diferencial Residual(DR)

Introdução
As questões que envolvem os acidentes de trabalho na construção civil têm merecido maior
atenção nas últimas décadas, sendo fortemente enfatizadas, a partir da consolidação de
preocupações com a qualidade de vida dos operários deste setor. Comparada a outrasindústrias, conforme afirmam Goldenhar et al (2001), a construção é responsável pelo terceiro
maior índice de acidentes fatais.
Inseridos nessa problemática, os acidentes decorrentes da má administração e utilização dos
recursos energéticos ganham destaque quando sua prevenção alia-se a medidas redutoras do
consumo de energia elétrica.
A eletricidade é uma fonte de perigo, podendo causar a morte depessoas se não forem
tomados cuidados especiais, sendo ela perigosa mesmo quando utilizada em “baixas tensões”,
como por exemplo, as de 110 volts. Portanto, para prevenir acidentes, toda instalação elétrica
deve ser executada de forma segura por um profissional qualificado e supervisionada por um
profissional legalmente habilitado.
Segundo a definição legal encontrada no artigo 131 do Regulamentodos Benefícios da
Previdência Social, instituído pelo Decreto n0 2172 de 05 de março de 1997, acidente do
trabalho é aquele que ocorre no exercício do trabalho, a serviço da empresa, ou ainda pelo
exercício do trabalho dos segurados especiais, provocando lesão corporal ou perturbação
XXIII Encontro Nac. de Eng. de Produção - Ouro Preto, MG, Brasil, 21 a 24 de out de 2003
ENEGEP 2003 ABEPRO 2funcional que cause a morte, a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade
para o trabalho. Já do ponto de vista prevencionista, Cruz (1996) apud Rocha (1999) alerta
que o acidente do trabalho é tratado como “uma ocorrência não programada que interfere no
andamento do trabalho, ocasionando danos materiais ou perda de tempo útil”. De igual
importância para o entendimento dopresente trabalho são as definições de choque elétrico e
corrente de fuga.
Choque elétrico é o conjunto das alterações que acontecem no organismo, quando este é
exposto à eletricidade, sendo causado por uma corrente elétrica que passa através do corpo
humano ou de um animal qualquer; já a designação corrente de fuga é a dada corrente de
condução que devido à isolação imperfeita, percorre ocaminho diferente do previsto
(FUNDACENTRO, 2001).
O Dispositivo de Proteção à Corrente Diferencial Residual (DR) protege pessoas contra
efeitos nocivos causados por choques elétricos através da detecção de corrente de fuga e
desligamento imediato do circuito. O DR possui faixas de corrente de 25, 40, 63 e 125 A para
correntes de fuga de 30 a 500mA em 220/380V.
As instalações elétricas temporáriasem canteiros de obras são realizadas para a utilização de
máquinas e equipamentos, assim como para a iluminação do local da construção, sendo
desfeitas, posteriormente, no encerramento da obra. Estas instalações necessitam de execução
e manutenção corretas, para que ofereçam segurança aos operários que dela se utilizam para a
realização de suas atividades.
Objetivando-se avaliar osbenefícios da implantação do dispositivo DR em instalações
temporárias em canteiros de obras, este trabalho descreve as características do DR, seu
emprego e limitações e, apresenta um estudo de caso realizado em obra vertical de médio
porte de uma Empresa Construtora, localizada na Região Metropolitana do Recife, que utiliza
esse dispositivo em suas instalações provisórias, descrevendo as razões quelevaram à sua
adoção e as melhorias obtidas com a sua utilização.
Definição
Essa é uma proteção que deve ser instalada para alimentar equipamentos elétricos afim de proteger os usuários dos perigos de choques elétricos.
A ABNT, norma NBR 5410 /97 recomenda dispositivos DR de alta sensibilidade com IN 30 mA. Assim quando houver uma corrente de fuga para a terra desse...
tracking img