Discalculia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3564 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A história do ensino de matemática em nosso país inicia-se no Brasil Colônia e mesmo assim, nos dias atuais a matemática vem sendo a disciplina do currículo básico com os índices de aproveitamento mais baixos nas avaliações institucionais.
Para muitas crianças essa disciplina ainda é vista como um “bicho de sete cabeças”, pois são muitas as dificuldades que surgem no processo deaprendizagem da mesma. Dificuldades essas que nem sempre advêm do mal interpretar e da indisciplina ou atenção do aluno.
Muitas vezes essas dificuldades se dão como consequências ou sintomas de distúrbios como a Discalculia e a Dislexia, não se trata de preguiça como pensam muitos pais e professores desinformados. Em outros casos o problema não está na criança, mas no professor que, além de nãoter conhecimento das características e sintomas desses distúrbios, elabora problemas com enunciados inadequados para a idade cognitiva da criança.
A discalculia pode ser notada a partir da educação infantil, quando a criança tende a ter dificuldades em compreender os termos já utilizados, como igual, diferente, entretanto somente após a introdução de símbolos e conceitos mais específicos é que oproblema se acentua e assim pode ser diagnosticado. Discalculia é uma má formação neurológica que provoca transtornos na aprendizagem de tudo o que se relaciona a números, como fazer operações matemáticas, fazer classificações, dificuldade em entender os conceitos matemáticos, a aplicação da matemática no cotidiano e na sequencia numérica.
Neste contexto é valido dizer que alguns dos sintomas dadislexia se confundem e contribuem com a discalculia, pois trata-se de um distúrbio que dificulta a leitura, logo a interpretação de enunciados e de conceitos matemáticos.
As crianças tendem a não gostar de matemática, a achar difícil, chata e com isso muitas vezes confundimos sintomas de alguns distúrbios com “preguiça”.

Capitulo i
1. DISCALCULIA
A matemática para algumas criançasainda é um bicho de sete cabeças. Muitos não compreendem os problemas que a professora passa no quadro e ficam muito tempo tentando entender se é pra somar, diminuir ou multiplicar; não sabem nem o que o problema está pedindo. Alguns, em particular, não entendem os sinais, muito menos as expressões. Contas? Só nos dedos e olhe lá.
Em muitos casos o problema não está na criança, mas no professorque elabora problemas com enunciados inadequados para a idade cognitiva da criança.
Carraher afirma que: _ “Vários estudos sobre o desenvolvimento da criança mostram que termos quantitativos como ‘mais’, ‘menos’, ‘maior’, ‘menor’, etc. São adquiridos gradativamente e, de inicio, são utilizados apenas no sentindo absoluto de ‘ter mais que’, ‘o que é maior’ e não no sentido relativo de ‘ter mais que’ou ‘ser maior que’. A compreensão dessas expressões como indicando uma relação ou uma comparação entre duas coisas, parece depender da aquisição da capacidade de uso da lógica que é adquirida no estágio das operações concretas”... “O problema passa então a ser algo sem sentido e a solução, ao invés de ser procurada através do uso da lógica, torna-se uma questão de adivinhação” (2002, p.72).
Noentanto, em outros casos a dificuldade pode ser realmente da criança e trata-se de um distúrbio e não de preguiça como pensam muitos pais e professores desinformados. Em geral, a dificuldade de aprender matemática pode ter causas.
De acordo com Johnson e Myklebust, terapeutas de crianças com desordem e fracassos em aritmética, existem alguns distúrbios que poderiam interferir nesta aprendizagem:* Distúrbios de memória auditiva:
- A criança não consegue ouvir os enunciados que lhe são passados oralmente, sendo assim, não conseguem guardar os fatos, isto lhe incapacitaria para resolver problemas matemáticos.
- Problemas de reorganização auditiva: a criança reconhece o número quando ouve, mas tem dificuldade de lembrar do número com rapidez.
* Distúrbio de leitura:
- Os...
tracking img