Dirkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 57 (14221 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ESTUDO DE DURKHEIM SOBRE O SUICÍDIO Foi extremamente gratificante e estimulante à leitura e reflexão sobre este texto e poder comentar alguns aspectos deste clássico. Um aspecto que chamou atenção foi porque o suicídio (ato individual) foi estudado por Durkheim como um fenômeno social? Durkheim trata o suicídio de forma não psicológica, mas de forma social, buscando padrões empíricos emdiversas sociedades e seguindo um método comparativo. É daí que Durkheim consegue definir os 4 tipos de suicídio do ponto de vista sociológico (egoísta, altruísta , anômico e fatalista - e suas combinações). O suicídio egoísta - que resulta de uma individualização excessiva e cujo grau de integração do indivíduo na sociedade não se apresenta suficientemente forte; o suicídio altruísta - que ao contrárioresulta de uma individualização insuficiente e o suicídio anômico - que se relaciona com uma situação de desregramento, típica dos períodos de crise, que impede o indivíduo de encontrar uma solução bem definida para os seus problemas, situação que favorece um sucessivo acumular de fracassos e decepções propícias ao suicídio. sociedades tradicionais onde a solidariedade mecânica prevalece.O últimotipo de suicídio é o suicídio fatalista. Embora Durkheim o visse como de pouca relevância contemporânea, ele acreditava que isso acontece quando um indivíduo é regulado demais pela sociedade. A opressão do indivíduo resulta em um sentimento de impotência diante do destino ou da sociedade. Pela observação de estatísticas oficiais, este autor concluiu que o suicídio era mais freqüente nascomunidades protestantes que nas comunidades católicas, fenômeno que explicou através da noção de integração religiosa. No mesmo sentido, Durkheim verificou que o suicídio ocorria menos entre os indivíduos casados que entre solteiros situação que, segundo ele, se explicaria através da noção de integração familiar. Neste trabalho, notou ainda que a taxa de suicídios diminuía em períodos de grandesacontecimentos políticos, em que aumentava a coesão sócia-política em torno da idéia de nacionalidade. Isso não quer dizer que o suicídio seja ontologicamente um fato social, ele o é enquanto a sociologia o encara da maneira pautada pelo exposto pelo sociólogo. Assim, o suicídio é um fato social a partir do momento em que se pode enquadrá-lo nos termos do objeto típico da sociologia na visão de Durkheim esegundo as características intrínsecas desse objeto. Segundo Durkheim ainda que os humanos vejam a si mesmos como indivíduos que têm liberdade de arbítrio e de escolha, seus comportamentos são freqüentemente padronizados e moldados socialmente.
Ads by GoogleTrabalhe Pela Internet  Ganhe R$5 por sua Opinião. Receba Dinheiro Completando Pesquisas 
www.comparepesquisas.com.br Lições de InglêsGrátis  Receba Lições de Inglês 100% Grátis e Comece a Falar como um Nativo! 
Englishtown.com/Licoes_Gratis |
Concordo, sim, que a sociedade molda e padronizam muitos dos nossos comportamentos, mas nem todas as nossas atitudes e atos são padronizados pela sociedade como afirma o sociólogo. Certamente que há suicídios que podem ser explicados por fatores sociais, mas, outros, no entanto é sim, um atoindividual cuja sociedade não tem nenhuma responsabilidade. Ele relacionou sua explicação à idéia de solidariedade social e a dois tipos de laços dentro da sociedade - a integração social e a regulação social. Entendo que o sociólogo baseou seus estudos em estatísticas, e em parte, concordo com ele e que suas explicações, fazem sentido. Entretanto, percebo certo radicalismo nas idéias do autorsobre o suicídio. Entendo que o estudo do suicídio, que é um fenômeno especificamente individual, apesar de só em aparência, permitiu a Durkheim demonstrar as fortes relações entre o indivíduo e a coletividade. A partir destas observações, o sociólogo pôde assim concluir que o suicídio variava na razão inversa do grau de integração da sociedade religiosa, familiar e política. Um aspecto deixou de...
tracking img