Direitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O homem que não seja cardeal nem exerça outro cargo do Estado; o particular que nada possua de seu, mas a quem repugne ser recebido por todos com ar de proteção ou de desprezo; que verifique,claramente, que váriosmonsignori não têm ciência, espírito ou virtudes superiores às suas, e se aborreça de lhes fazer antecâmara esperando que o recebam que tem a fazer? Ir-se embora.

Direitos

1.CONSIDERAÇÕES INICIAIS
É certo que uma sociedade sem o respeito aos direitos fundamentais
teria o seu fim traçado pelo abuso do poder absoluto. Também é certo que esses
direitos são indispensáveis eessenciais ao homem, pois nasceram com ele, não
estando dentro dos pactos estabelecidos com a sociedade para o estabelecimento
do Estado. Desde algum tempo, a doutrina reconhece que o ser humano éportador
de direitos inatos, sem os quais não é capaz de alcançar sua plena dignidade. Os
direitos fundamentais são próprios do ser humano justamente por sua condição
humana, única dentre os demaisseres vivos.Na Antiguidade grega, a peça Antígona,
de Sófocles, reconhece que havia direitos que não estavam à disposição do poder absoluto.
Com o passar do tempo, o ser humano deixou seu estado denatureza
puramente livre, como acreditava Jean Jacques Rousseau, para se tornar escravo
De seus semelhantes, até mesmo na posição de senhor.
A partir do momento em que passou a existir a dominação deum homem sobre o outro, passou-se a existir, também, a desigualdade em suas várias formas. Com a desigualdade, surge humilhação, a opressão, a exploração da classe desfavorecida. Surgem, então,inevitavelmente, as revoltas e movimentos contra essas situações.
O absolutismo, pautado, primeiramente, no direito divino de governar
do rei e, posteriormente, em um direito de governar mais racional epolicial, foi o
grande responsável pela crise do século XVIII, na qual a maioria da sociedade sofria
com a fome, a pobreza e, principalmente, com as arbitrariedades de um poder
soberano...
tracking img