Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (764 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
São Paulo, 23 de Setembro de 2011

“ O crime que mais me impressionou ”

111590019 – Juliana Floripes Bertoli
Curso: Administração (semestral)
Período: Noturno
Professora Angela RaschCaso Liana Friedenbach e Felipe Caffé foi um crime ocorrido em uma cidade que faz divisa com Embu Guaçu, interior de São Paulo, no dia 5 de novembro de 2003, e que causou profunda indignação na sociedadebrasileira, e reacendeu o debate a respeito da maioridade penal no Brasil. O crime consistiu no assassinato do jovem Felipe Silva Caffé (19 anos) e da menor Liana Bei Friedenbach (16 anos) por PauloCésar da Silva Marques, o "Pernambuco", e pelo menor infrator conhecido como "Champinha", além do estupro e tortura desta última por ambos os criminosos.

No início de novembro daquele ano, Liana eFelipe eram namorados e decidiram passar um final de semana acampando na floresta numa área isolada de Embu-Guaçu, numa área que não conheciam, e sem o conhecimento dos pais.
"Champinha" e"Pernambuco" seguiam para pescar na região quando viram o casal e tiveram então a idéia de roubar os estudantes. Com a ajuda de comparsas, mantiveram o casal em cárcere privado. De acordo com o laudo pericial edepoimento do menor, Champinha matou Felipe com um tiro na nuca e, na madrugada do dia 5 de novembro, levou Liana até um matagal, onde tentou degolá-la e golpeou a cabeça da estudante com umapeixeira.
Os corpos foram encontrados no dia 10 de novembro. "Champinha" e seus comparsas – "Pernambuco", Antônio Caetano, Antônio Matias e Agnaldo Pires – foram presos dias depois. "Champinha", por sermenor de idade, foi encaminhado para uma unidade da Fundação CASA, em São Paulo. Ao final das investigações, a polícia concluiu que "Pernambuco" não teve participação no crime. Champinha não foi presoporque era um menor de idade, fato este que foi responsável por reacender os debates sobre a maioridade penal no Brasil.

Condenação

"Champinha" foi internado na Fundação CASA e lá permaneceu até...
tracking img