Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Entre orgias, polêmicas e desculpas, Bruno joga fora o sucesso
Além da festa na qual conheceu Eliza, goleiro se envolveu em confusões com companheiros de Flamengo e prostitutas antes da prisão
iG Rio de Janeiro | 03/06/2011 07:00:00
*
*
*
*
*
*
*
*
*
A orgia na qual Bruno conheceu Eliza Samudio , na casa de sua "sombra" no Flamengo, o terceirogoleiro Paulo Victor, foi apenas uma das muitas confusões em que o capitão do hexa se envolveu durante sua passagem pelo clube. Hoje detento do presídio Nelson Hungria , em Contagem, Minas Gerais, o jogador sempre preferiu festinhas fechadas com amigos do que as noitadas, hábito de outros atletas do elenco. Bruno explicou, poucos dias antes de ser preso, em 2010, como foi o primeiro contato com Eliza,o início de uma história sem final feliz.
AE
Goleiro Bruno é fichado na polícia
Afirmou que, após a festa, descobriu se tratar de uma atriz pornô (usava o nome de Fernanda Faria em seus filmes da produtora Brasileirinhas) e chegou a fazer exame de sangue pois o preservativo havia rasgado . “Tinha homem, mulher, amigas dela, outros jogadores, uma p... Essas festas são comuns no nosso meio.Depois que ela disse que estava grávida, fui saber que todo o time do São Paulo a conhecia, que ela já tinha feito filme pornô... Fiquei até preocupado com a minha saúde, tanto que logo depois fiz exame de HIV, mas estava tudo tranquilo”, disse o goleiro, que ainda acrescentou: “Estourou, vou fazer o quê? Vacilamos”.
Renato Gaúcho, que sempre se gabou do sucesso com as mulheres, também falou sobre asfestinhas dos boleiros a um jornal carioca na época da prisão de Bruno. “Orgia é algo que faz parte do universo do futebol. Tinha na minha época, antes de mim, tem agora e vai existir para sempre. Não tem jeito. E jogador tem que se relacionar com elas mesmo, não recrimino ninguém por isso, não. Para falar a verdade, até apoio. Quem é que não gosta de sexo? É a hora deles, também. Mas tem que sermais malandro do que elas”. 

O ex-camisa 1 da Gávea não tinha, segundo quem convivia com ele no clube, o hábito de frequentar boates ou festas públicas. Preferia, normalmente, o lazer privado, não raramente em companhia de garotas de programa. Uma dessas orgias acabou vindo a público . Além de Bruno, o dono da casa, estavam no sítio em Ribeirão das Neves o meia Marcinho, o atacante DiegoTardelli e o terceiro goleiro Paulo Victor. Foram para o local após um empate do Flamengo com o Atlético-MG em Belo Horizonte.
* -------------------------------------------------
Bruno será julgado em, no mínimo, quatro anos, diz seu advogado
* -------------------------------------------------
Assediado, Bruno é celebridade na cadeia
* -------------------------------------------------Presos hostilizam Macarrão: eles querem que ele livre Bruno
* -------------------------------------------------
Veja o passo a passo do caso Bruno
* -------------------------------------------------
Saiba quem é quem no desaparecimento de Eliza
* -------------------------------------------------
Relembre os principais casos policiais do País
*-------------------------------------------------
Leia as principais notícias sobre o goleiro Bruno
* -------------------------------------------------
Marcos Braz: 'Bruno mostrava preocupação que qualquer um teria'
* -------------------------------------------------
Bruno: de campeão a presidiário em sete meses
Marcinho teria agredido uma das oito garotas de programa contratadas para o evento. Duas delas prestaram queixacontra os quatro jogadores. Tardelli afirmaria em seguida que esteve no sítio, mas foi embora: "Fiquei 45 minutos, vi que não era ambiente para mim pois tenho uma esposa e uma filha", disse na época da ocorrência, em julho de 2008, enquanto tinha problemas em casa com sua mulher, que pedia o divórcio. O então vice de futebol, Kléber Leite, afirmou ter se sentido traído pois os jogadores...
tracking img