Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (732 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
imo Häyhä (Rautjärvi, 17 de dezembro de 1905 — Hamina, 1 de abril de 2002) apelidado de "Morte Branca" (em russo: Белая смерть, transl. Belaya Smert; em finlandês: Valkoinen Kuolema; em sueco: denVita Döden) ou "Provocador" pelo exército soviético, foi um soldado finlandês e o mais eficiente franco-atirador da história.

Biografia

[editar]Juventude e serviço na guerra


... recebendo seurifle honorário modelo 28, durante a Guerra de Inverno.
Häyhä nasceu na cidade de Rautjärvi, próxima à atual fronteira entre a Finlândia e a Rússia. Fazendeiro de profissão, cumpriu o serviçomilitar obrigatório de um ano em 1925, sendo convocado em 1939 após a eclosão da Guerra de Inverno entre a Finlândia e a União Soviética. Estacionado na área norte do Lago Ladoga, passou a servir comofranco-atirador.[2]
Trabalhando em temperaturas que iam dos -20ºC aos -40ºC e usando uma camuflagem totalmente branca, Häyhä é creditado por mais de 500 mortes confirmadas de soldados soviéticos.[1] Umacontagem diária de baixas era feita no campo de batalha de Kollaa, e os relatórios não-oficiais finlandeses estimam em 542 o número de mortes atribuído a ele.[1]
Häyhä usou uma variante do riflesoviético Mosin-Nagant, pois se adequava a sua baixa estatura. Para não se expor em seus esconderijos, ele preferia usar miras comuns ao invés das telescópicas, pois com esta última o atirador deve erguerum pouco a cabeça, além de haver o risco da lente refletir a luz do sol.[2] Outra tática usada por Häyhä era compactar a neve à sua frente para que o tiro não a soprasse, revelando sua posição. Eletambém colocava neve na boca, escondendo assim quaisquer sinais que sua respiração pudesse provocar.


Simo Häyhä promovido em 28 de agosto de 1940.
Além das mortes como franco atirador, Simo Häyhäfoi creditado também por abater mais de duzentos soldados inimigos com uma submetralhadora Suomi M-31, elevando assim sua marca para 705 mortes. Este fato, no entanto, nunca foi comprovado. A marca...
tracking img