Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR

CONCURSO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS PM / 2005
INSTRUÇÕES
01. Ao receber este caderno de provas verifique se contém um total de 100 questões, assim distribuídas. PORTUGUÊS: questões de nos 01 a 20 HISTÓRIA: questões de nos 41 a 60 NOÇÕES DE DIREITO:questões de nos 81 a 90 MATEMÁTICA:questões de nos 21 a 40 GEOGRAFIA: questões de nos 61 a 80 NOÇÕES DE INFORMÁTICA:questões de nos 91 a 100

Caso contrário, solicite ao fiscal da sala um outro caderno completo. Não serão aceitas reclamações posteriores. 02. Verifique se você está sentado no lugar correspondente a seu número de ordem. 03. Confira se o número do candidato impresso na FOLHA DE RESPOSTAS coincide com o seu número deordem. 04. Para cada questão existe apenas uma resposta certa. 05. As respostas devem ser inicalmente marcadas no caderno de provas que você recebeu. 06. Após certificar-se de que a resposta é definitiva, faça as marcações na FOLHA DE RESPOSTAS da leitora ótica. 07. Marque as respostas com caneta esferográfica de tinta preta com traços escuros conforme o modelo 08. Não serão pemitidas rasuras naFOLHA DE RESPOSTAS da leitora ótica. 09. Não é permitida qualquer espécie de consulta. 10. Você terá 4 horas para responder a todas as questões e fazer as marcações na FOLHA DE RESPOSTAS da leitora ótica. 11. A correção das provas será efetuada levando-se em conta EXCLUSIVAMENTE o conteúdo DA FOLHA DE RESPOSTAS. 12. Ao término das provas, chame o fiscal da sala para devolver o CADERNO DE PROVAS e aFOLHA DE RESPOSTAS e assine a lista de presença. 13. Você só poderá deixar o recinto após decorridas 2 horas e 30 minutos de prova. .

N O DE ORDEM

NOME DO CANDIDATO

FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS Agosto/2005

www.pciconcursos.com.br

1. PORTUGUÊS Atenção: As questões de números 1 a 9 baseiam-se no texto apresentado abaixo. Corpos desenhados Como você encara uma tatuagem? A carga designificados que recebemos é pesada. Tatuados foram representados nos últimos dois séculos como pessoas do mal, em romances de aventuras, na crônica policial, no cinema, em gibis, nas histórias de piratas, marinheiros e prostitutas das zonas boêmias dos portos, nas reportagens em presídios e em imagens de desgarrados e drogados. A conotação com o mal persiste em imagens recentes da televisão. É clichê. Closenas tatuagens do facinoroso personagem Cigano, da novela Senhora do Destino. Close nas tatuagens de escorpião nos braços dos assassinos da freira Dorothy Stang, no Pará. Close nos braços dos pitboys toda vez que eles aprontam alguma. Como quem diz: é tatuado, gente boa não pode ser. Mas a coisa virou moda jovem, e é preciso encará-la. [...] Surfistas sem tatuagem não estão com nada, nem suasgatas. Uns chegam a decorar-se com estilizadas folhagens de Cannabis. Pitboys desafiam olhares com agressivas tatuagens de dragões, escorpiões e golpes mortais. Garotas desenham pequeninas flores, a fada Sininho, golfinhos, pássaros ou borboletas, na virilha, no cóccix, na nuca. É tempo de corpos desenhados. As linguagens corporais dos jovens nem sempre são aceitas facilmente. Quem não ouviu falar dopreconceito que vitimou os “cabeludos”, a minissaia e a própria calça jeans? Hoje, nas áreas de trabalho do establishment, os tatuados têm problemas. Rapazes que à noite usam camisetas com corte adequado para exibir suas tatuagens escondem-nas durante o dia sob camisas de mangas compridas. Se é complicado, então por quê? Tatuagem é um recado, uma fala. Os chineses antigos achavam que era uma formade se comunicar com as forças celestes. [...] Em culturas primitivas, é um signo tribal – sentido que ecoa hoje em tribos urbanas. Desenhos na pele com figuras de animais, como o tigre, o touro e o escorpião, eram feitos para a pessoa apropriar-se das virtudes do animal. Quanto dessa mística se mantém? [...] Grava-se alguém para chamar a atenção? Pode ser, pois ainda assim seria fala: estou...
tracking img