Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ATIVIDADE VIRTUAL 02







Salvador
2012
QUESTÕES DA ATIVIDADE VIRTUAL



1: Como você há de perceber pelas leituras da nossa disciplina, se já não percebeu por outras formas, foi na convivência entre si, constituindo a sociedade que os indivíduos da nossa espécie se tornaram humanos.

Com base nas leituras das aulas de 1 a 4 do módulo e outras leituras complementaresestabeleça as diferenças entre o pensamento de Émile Durkheim, Max Weber e Karl Marx sobre a relação que há entre indivíduo e sociedade.

Durkheim, Weber e Marx foram ótimos filósofos e sociólogos que fez que as pessoas da época que eles viveram começar pensar em um jeito diferente que a sociedade impunha, o mais interessante é que cada um tinha um jeito diferente de ver a relação individuo esociedade.

Durkheim separou os fatos sociais em três principais características:

• Coercitividade: onde os fatos sociais exercem uma força no individuo fazendo com que o individuo se conformar com a sociedade em que vive, por mais que ele tome uma atitude isto estará diretamente ligado às regras da sociedade. A força dos fatos sociais pode-se observar quando o individuo tenta se rebelarcontra ela.

• Exterioridade: os fatos sociais que cercam o individuo estará sempre atuando no individuo independente da escolha do individuo.

• Generalidade: é quando os fatos sociais se generalizam e atuam em todos os indivíduos ou pelo menos na maioria deles.

Para que estes fatos fossem analisados Durkheim disse que os pesquisadores deveriam analisa-los e observa-los com distancia esempre se mantendo neutro. Ele disse também que deveria analisar os fatos sociais como objetos. A sociologia para Durkheim tinha não o objetivo de analisar a sociedade mas também encontrar soluções, a sociedade para ele era como um organismo que poderia esta em estado saudável e doentes.

Weber via a sociologia com uma ciência que tinha como função de compreender e interpretar a ação social. Ainterpretação da ação humana através dos tipos de ideias fazia analisar a ação no seu sentindo subjetivo dizendo se é ou não social. Para fazer a análise Weber construiu e dividiu quatro conceitos sociológicos básicos sendo:

• Ação racional com relações afins: onde determinava por expectativa o comportamento da sociedade e do individuo

• Ação racional relação de valores: onde eradeterminado pelos valores éticos, estéticos, religiosos e entre outros.

• Ação afetiva: onde era determinado por sentimentos atuais e afetividade.

• Ação tradicional: onde era determinado por um costume.

Na sociologia weberiana concluiu q na sociedade moderna a burocracia é o exemplo mais visto do domínio legal, nos limites da legitimidade.

Marx desenvolveu três teorias e todasessas três teorias tinha como objetivo de fazer uma transformação social total, tendo a implementação da razão e justiça eterna. Marx dizia que o homem se tornou alienado, fazendo com que a industrialização, propriedade privada e o assalariamento de separava o trabalhador dos meios de produção. Marx criou a ideia do estado como um órgão político imparcial que seria capaz de representar toda asociedade pelo poder entregue pelos indivíduos. Marx culpou o capitalismo pelas desigualdades que aconteciam em sua época, fazendo com que acontecessem conflitos por causa de interesses opostos dos indivíduos, mostrou para sociedade a mais valia onde o trabalhador trabalha a mais do que recebia. Ele fez com que fosse possível observar as diferença das classes não só por riqueza mas também commaterialismos.



2: Vemos ainda pelas leituras indicadas que ao longo da história até nossos dias os seres humanos se dividiram por várias razões, riqueza, prestígio, poder dentre outras em diversos estratos ou camadas, constituindo uma organização social estratificada, hierarquizada e fundamentalmente desigual.

Liste e fale sobre os diferentes estratos sociais nos diversos momentos históricos...
tracking img