Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (909 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PARECER

EMENTA
Companheiro homossexual beneficiário deplano de saúde. Negação do pedido por
parte da empresa. Não reconhecimentode união estável. Decisão favorável ao
pedido do autor em primeira e segundainstâncias.

RELATÓRIO

Este relatório traz informações sobre o processo envolvendo o funcionário público aposentado, Pedro Albuquerque, quepleiteia na justiça o direito de ter como beneficiário em seu plano de saúde, PAMs (Plano de Assistência Supletiva), o seu companheiro, João Vasconcelos, e a empresa onde trabalhava, a CaixaEconômica Federal de Porto Alegre, nega o pedido.
De acordo com o processo, Albuquerque e Vasconcelos, ambos portadores de HIV, moram juntos há sete anos e dividem as despesas da casa. Por causa dadoença, o autor da ação teve que se aposentar e pediu a inclusão de seu companheiro em seu plano de saúde. A Caixa Econômica Federal negou o pedido, argumentando o não reconhecimento da união estável delespelas leis brasileiras.
A primeira instância reconheceu o direito pleiteado pelo ex-funcionário da Caixa. Em segunda instância, a justiça corroborou a decisão inicial, no entanto afastou, por faltade amparo legal, o reconhecimento da união estável do casal. O banco por sua vez, questionou essa decisão.
A relatora do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Marga Barth Tessler,argumentou que a recusa da empresa em incluir o companheiro foi motivada pela orientação sexual dos autores da ação.
O Recurso Especial, que está em segredo de justiça, é o da Caixa Econômica...
tracking img