Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1042 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Plano de Aula: 1 - Psicologia Aplicada ao Direito
PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO
Título
1 - Psicologia Aplicada ao Direito
Número de Aulas por Semana
1
Número de Semana de Aula
1
Tema
Introdução ao Estudo da Psicologia
Objetivos
Ao final do primeiro encontro, o aluno deverá ser capaz de:
   Entender o plano de ensino da disciplina e seu mapa conceitual, que serão apresentados noinício da aula;
   Compreender a importância do estudo da Psicologia para os futuros profissionais do Direito;
   Identificar as diferenças entre a Psicologia científica e o senso comum;
   Explicar os objetos de estudo da Psicologia;
   Compreender os fenômenos psicológicos, sua importância, e algumas Teorias da Psicologia.
. Entender a história da Psicologia aplicada ao Direito eanalisar os diferentes posicionamentos em relação ao trabalho do psicólogo junto ao Direito;
Estrutura do Conteúdo
A unidade I terá início com a diferenciação entre a Psicologia científica e o senso comum. Deverá ser abordado, brevemente, o que é ciência, explicitando, para o aluno, a Psicologia como ciência. Continuando a aula, será abordado o senso comum, como uma forma de conhecimento darealidade e visão de mundo. Os objetos de estudo da Psicologia deverão ser explicados, e uma breve síntese sobre os fenômenos psicológicos e sua importância para a subjetividade será colocada para o aluno. Algumas teorias da Psicologia deverão ser apresentadas aos alunos.
Conteúdos:
   Ciência
   Psicologia Científica X Senso comum
   Objetos de estudo da Psicologia
   Fenômenospsicológicos e sua importância na formação da subjetividade
. Psicologia aplicada ao Direito
 
Conceitos a serem desenvolvidos:
Ciência – atividade eminentemente reflexiva, que procura compreender, elucidar e alterar o cotidiano, a partir de estudos sistemáticos. “Compõe-se de um conjunto de conhecimentos sobre fatos ou aspectos da realidade (objeto de estudo), expresso por meio de uma linguagemprecisa e rigorosa. Esses conhecimentos devem ser obtidos de maneira programada, sistemática e controlada, para que se permita a verificação de sua validade.” (Bock, 2002, p. 19)
 
Psicologia científica - Desde William James e de Wundt, a psicologia se considera como disciplina científica. Diante dessa afirmação há dois questionamentos evidentes: 1) O que é psicologia? 2) O que os psicólogos entendempor ciência? Se acompanharmos a história da psicologia, perceberemos que essas duas perguntas tiveram (e ainda têm) uma infinidade de respostas, o que, muitas vezes, alimentou a crítica à pretensão científica da psicologia.
O que é psicologia? Um breve olhar sobre a história da psicologia revela que essa pergunta pode ser respondida de diversas maneiras. Não cabe aqui analisar cada uma dessasrespostas, o que possivelmente nos conduziria à desconfortável conclusão de que cada psicólogo pode escolher a resposta que mais lhe agradar.
Finalizar a aula , apresentando os primórdios da Psicologia aplicada ao Direito , integrando este tema  aos conceitos discutidos anteriormente.
Aplicação Prática Teórica
A psicologia, ao participar do desafio contemporâneo do diálogo inter, multi etransdisciplinar, tem sua definição precária de identidade dissolvida, revelando seu potencial de olhar para a complexidade de seu objeto. Tal situação tem o potencial de propiciar a construção de novas formas e práticas de se pensar o saber psicológico. Todavia, convida à realização de atividades cada vez mais em sintonia com outros saberes. Assim, uma dupla tarefa impõe-se: dialogar, ultrapassandofronteiras antes demarcadas, e sustentar um discurso construtor de uma identidade específica do saber psicológico. Considerando-se o texto, assinale a afirmação CORRETA.
 
(a) A identidade emergente da psicologia contemporânea supera as suas dicotomias epistemológicas, ao dialogar com outros saberes, referendando-se neles, pois esses saberes possuem uma maior segurança metodológica;
(b) A...
tracking img