Direito do consumidor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (255 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 10 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AULA 1

Antonio comprou um veículo no final de 2009 modelo 2010. Posteriormente, descobriu que o modelo adquirido sairia de linha e que a fábrica, naquele mesmo ano de2010, lançará outro modelo totalmente diferente do anterior. Sentindo-se prejudicado, Antonio quer ser indenizado pela desvalorização do seu veículo. Há algum princípio do CDC quepode ser invocado nesse pleito indenizatório?

RESPOSTA:
O Princípio da Boa fé
A boa-fé sustenta a idéia da responsabilidade pré-contratual. Antes de celebrar ocontrato, as partes estão obrigadas umas com as outras a ser honestas, probas, a não causar danos injustificados, a não criar expectativas inatingíveis, a não frustrar o quelegitimamente delas era esperado.
Se não foi informado como deveria e o consumidor se sentir lesado por isso, poderá pleitear indenização.

Em relação à vulnerabilidade é incorretoafirmar:
a) As normas do CDC estão sistematizadas a partir da ideia básica de proteção do consumidor, por ser ele vulnerável;
b) Vulnerabilidade e hipossuficiência são amesma coisa porque ambas indicam a fragilidade e a situação de desigualdade do consumidor;
c) Vulnerabilidade é qualidade intrínsica, imanente e universal de todos que seencontram na posição de consumidor;
d) Todos os consumidores são vulneráveis por presunção absoluta, mas nem todos são hipossuficientes;
e) Hipossuficiência é um agravamentoda situação de vulnerabilidade ligada a aspectos processuais.
A vulnerabilidade do consumidor não se confunde com hipossuficiência que é característica restrita aosconsumidores que além de presumivelmente vulneráveis, vêem-se agravados nessa situação por sua individual condição de carência cultural, material ou, como ocorre com freqüência, ambas.
tracking img