Direito de greve no serviço público

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 13 (3123 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 23 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. ORIGEM DA PALAVRA GREVE

A greve pode ser entendida como um movimento social, coletivo e voluntário do trabalho liderado por trabalhadores com o objetivo de melhores condições de trabalho, como: aumento de salário, garantia de benefícios, redução de horas trabalhadas dentre outras.
Para Durand, Paul, apud Martins (2001, p. 28) “greve é toda interrupção de trabalho, de caráter temporário,motivada por reivindicações suscetíveis de beneficiar todos ou parte do pessoal e apoiada por parcela significativa da opinião obreira”.
Originando-se da França, O termo “grève” significa, originalmente, terreno plano composto de cascalho ou areia à margem do mar ou do rio, onde se acumulavam inúmeros gravetos. Daí o nome da praça e o surgimento etimológico do vocábulo, usado pela primeira vez nofinal do século XVIII.
A princípio, as greves não eram regulamentadas, ganhava-se pela lei do mais forte, o trabalho ficava parado até que ocorresse uma das seguintes situações: os operários retornavam ao trabalho nas mesmas ou em piores condições, por medo de perder o emprego ou o empresário atendia total ou parcialmente as reivindicações para que pudessem evitar maiores prejuízos devidos a perdana produção.
A história retrata que no século passado, os trabalhadores franceses tinham por hábito reunir-se na "Place de l’Hotel de Ville" a procura de emprego, porque lá os empregadores costumavam oferecer o trabalho. Em frente ao hotel, havia uma praça, local onde havia Manifestações, Encontros, reuniões situadas às margens do Rio Sena onde havia exposição de detritos, sujeira e uminsuportável mau cheiro. No francês popular dava-se a tais restos malcheirosos a denominação "gravè".
Com o passar do tempo, o local ficou conhecido como "grève" que significava originalmente, procurar trabalho, estar sem emprego. Mais tarde e atualmente tem significado de não trabalho em função de paralisação determinada por trabalhadores, em luta por melhores condições de trabalho ou de salário.
NoBrasil, os primeiros acontecimentos de reivindicação e lutas coletivas registradas (pois ainda não se chamavam greves), aconteceram no período de 1.602 e 1.644, com as rebeliões de escravos ocorridas em vários Estados da federação, principalmente na Bahia, Minas Gerais e Alagoas, como os quilombos e os mocambos, a "Balaiada" em 1.837; o Quilombo de Jabaquara em São Paulo, em 1.888.
Anos depois noBrasil, as greves, já intitulada com este nome, atingiu seu ápice na era da indústrialização, na época de Getúlio Vargas (1930), nessa época os assuntos eram tratados a nível dos "Chefes Sindicalistas"(muitos desses chamados de "capachos", pois costumavam trair a causas trabalhista por interesses próprios). Consequentemente, com aumento das reivindicações que se tornavam difíceis de controlar,pelos empresários, a pressão popular junto ao Estado de Direito, em que as cortes consideravam-nas legais ou ilegais com base na possibilidade econômica do reajuste ou aumento salarial do Estado, eram e foram proibidas as reivindicações que extrapolavam a capacidade econômica das empresas, pois feriam ao Estado de Direito (máquina produtora e arrecadadora do Estado).
No período militar tambémaconteceram inúmeras greves, os chamados anos de chumbo (1964), houve paralisações neste período, como as famosas greves de Contagem (MG) e Osasco (SP), em 1968, e as greves do ABC, no final da década de 70. Mais tarde após o período da abertura política iniciada em 1985, junto com as medidas econômicas, nos chamados "Planos Econômicos" período em que o Brasil teve aproximadamente Sete moedas diferentes.Com o amadurecimento da sociedade, trabalhadores e sindicatos percebeu-se que muitas vezes a violência fisica praticada em outrora pelos grevistas não tinha o apoio da própria sociedade que era prejudicada pela paralisação, daí surgiu como forma de obter o apoio desta mesma sociedade, como tática, propósito ou alcance do movimento vários tipos de greves. Dentre os tipos mais difundidos...
tracking img