Dinheiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1486 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A HISTÓRIA DO DINHEIRO E A IMPORTANCIA AO LONGO DO TEMPO

“Dinheiro semeia dinheiro e, o primeiro franco é, muitas vezes, mais difícil de ganhar que o segundo milhão.”

SUMÁRIO:

I. Introdução --------------------------------------------------------- 4
II.
III.
IV.
V. Conclusão --------------------------------------------
VI. Bibliografia--------------------------------------------------------
VII. Anexos ------------------------------------------------------------




Introdução
Neste trabalho iremos falar um pouco mais sobre uma coisa muito significante em nossas vidas : O dinheiro . Vamos falar de seu surgimento, e de que como nossos antepassados faziam para possuir as coisas, tentaremos abordarde uma forma dinâmica um assunto que não é muito procurado, mas deveria. Pois usamos dinheiro a toda hora, para todas as coisas. E você já parou para se perguntar de onde vem o dinheiro, como ele surgiu, porque existe ? O dinheiro, seja em que forma se apresente, não vale por si, mas pelas mercadorias e serviços que pode comprar. É uma espécie de título que dá a seu portador a possibilidade de seconsiderar credor da sociedade e de usufruir, através do poder de compra, de todas as conquistas do homem moderno.

* O que é o dinheiro?O dinheiro é um meio de troca convencional, na forma de moedas ou cédulas, utilizado na compra de bens, serviços, força de trabalho, divisas estrangeiras ou nas demais transações financeiras, emitido e controlado pelo governo de cada país, que é o único quepode emiti-lo e fixar o seu valor. O dinheiro é um dos tópicos de estudo centrais na economia e está numa ligação implícita com o campo das finanças. A quantidade de dinheiro numa dada economia diretamente afeta fenômenos como a inflação e a taxa de juros. Uma crise monetária pode ter efeitos significativos, particularmente se ela levar a uma falência generalizada tal que resulte na adoção deeconomia de trocas. * Escambo A moeda é o resultado de uma longa evolução. No início não havia moeda. Praticava-se o escambo, simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Por exemplo, quem pescasse mais peixe do que o necessário para si e seu grupo trocava este excesso com o de outra pessoa que, por exemplo, tivesse plantado e colhido mais milho do que fosseprecisar. Esta elementar forma de comércio foi dominante no início da civilização, podendo ser encontrada, ainda hoje, entre povos de economia primitiva, em regiões onde, pelo difícil acesso, há escassez de meio circulante, e até em situações especiais, em que as pessoas envolvidas efetuam permuta de objetos sem a preocupação de sua equivalência de valor. |
| |
* MetalQuando o homemdescobriu o metal, passou a utilizá-lo para fabricar seus utensílios e armas anteriormente feitos de pedra. |
O metal se tornou o principal padrão de valor. Era trocado sob as formas mais diversas. Em seu estado natural, depois em forma de barras e, ainda, em forma de objetos, como anéis, braceletes etc. | |
| |
* Moedas AntigasSurgem, no século VII a.C., as primeiras moedas comcaracterísticas das atuais: são pequenas peças de metal com peso e valor definidos e com a impressão do cunho oficial, a marca de quem as emitiu e garante o seu valor. As moedas demonstram a mentalidade de um povo e de sua época. É pelas impressões encontradas nas moedas que conhecemos a efígie de pessoas que viveram há muitos séculos. Dizem que a primeira figura histórica a ter sua efígie numa moedafoi Alexandre, o Grande, da Macedônia, por volta do ano 330 a.C. * As Primeiras Casas da MoedaNas duas últimas décadas do século XVII aconteceu a falta de moeda no Brasil, comprometendo o funcionamento da. Inúmeras representações, pedindo solução para o problema, foram enviadas ao rei pelos governadores gerais e das capitanias, representantes das câmaras e membros da igreja e da nobreza. Em...
tracking img