Dimensão científica da revolução industrial e francesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Podemos utilizar o termo revolução para nos referir aos grandes processos que alteram substancialmente a vida da humanidade. O século XVIII marcou-se pelas transformações econômicas, políticas e culturais que se aceleraram nesse período e que apresentaram problemas inéditos para as sociedades. A dupla revolução que esse século testemunhou, constituiu dois lados de um mesmo processo: a instalaçãodefinitiva da sociedade capitalista. Neste século, a economia mundial foi constituída sob a influência da Revolução Industrial Inglesa, enquanto a política e a ideologia foram constituídas pela Revolução Francesa.

Começou então a surgir expressões como constituição, nação, eleição, Estado moderno, poder executivo legislativo e judiciário, direitos humanos universais na França revolucionária. Acompreensão da sociedade e suas relações sociais sempre foram uma preocupação de autores, filósofos e pensadores. No entanto, essa necessidade de pesquisa tornou-se inevitável após as revoluções burguesas do século XVIII. A revolução Industrial e a revolução Francesa mudaram as concepções e práticas da vida social, econômica, filosófica e política, abalando a antiga estrutura européia.Cientificamente, a sociologia se originou a partir de discussões com objetivo de entender e explicar os problemas sociais resultantes das transformações econômicas, políticas e culturais geradas pelas revoluções. O nascimento da sociologia ocorreu numa época em que a industrialização e a urbanização estavam transformando as próprias bases da sociedade. O aperfeiçoamento das técnicas de produção, visandoa produzir cada vez mais com menos gente, possibilitou a invenção de máquinas que aumentassem significativamente os lucros, substituindo gradativamente a produção manufatureira pela maquino fatura. Apareceram as máquinas de tecer, a máquina de descaroçar algodão, bem como se iniciou um processo de aplicação industrial da máquina a vapor e de tantos outros inventos destinados a aumentar aprodutividade do trabalho. Aqueles trabalhos, antes realizados por homens, passaram a ser feitos por meios de máquinas, e tal fato elevou em muito a quantidade de mercadorias produzidas.

A Revolução Industrial não só significou a utilização da máquina a vapor no processo produtivo, como também a ascensão do capital industrial. O capital, controlado pelo empresariado industrial, foi gradativamenteconcentrando as máquinas, as terras, as ferramentas e as mentes sob o seu controle, ampliando o número de trabalhadores que eram explorados. Esse momento histórico decretou a consolidação da sociedade capitalista, caracterizada pela divisão de seus membros em classes sociais: a burguesia (donos dos meios de produção), o proletariado (possuidores apenas de sua força de trabalho), e funcionários doEstado e uma classe média (profissionais liberais e pequenos produtores rurais).

O desenvolvimento do capitalismo industrial levou ao quase desaparecimento dos proprietários rurais e dos artesãos independentes, impondo uma carga intensiva de trabalho. Essas modificações trouxeram uma nova realidade social, econômica e política para o homem da época, rompendo radicalmente as formas tradicionais devida de milhões de pessoas. A Revolução Francesa também provocou alterações no modo de a sociedade se organizar e se compreender. Os ideais iluministas ganhavam espaço na forma do homem conceber o mundo e sua existência, resultando em uma nova concepção de desenvolvimento humano.

Como conseqüência da forte participação do povo no processo revolucionário, os mesmos foram arrastados para o centroda discussão política. Isso porque o fato de que as lutas que desencadearam a Revolução Francesa terem envolvido muita gente, levou os homens do povo obrigatoriamente a pensar sobre questões políticas que antes eram discutidas apenas por uma elite, mas que naquele período invadia a vida cotidiana da população. A partir daí, a ideia de liberdade e igualdade (lema da Revolução Francesa) permitiu...
tracking img