Dignidade no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3163 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
20 De Maio de 2011

EXTERNATO DE VILA MEÃ

DIGNIDADE NO TRABALHO

Educação Moral Religiosa Católica 2010/2011 | Rita Ribeiro 11ºA

EXTERNATO DE VILA MEÃ

DIGNIDADE NO TRABALHO

2

Índice:
1. Introdução ……………………………………………………………………………………….. Pág.4 2. O trabalho ………………………………………………………………………………………… Pág.5 a) Satisfação dos inquiridos com o seu trabalho …………. Pág.5 3. A dignidade noTrabalho ………………………………………………………………….. Pág.6 b) Opinião dos inquiridos sobre o ser ou não ser julgado devido ao trabalho exercido ………………… Pág.7 c) «Alguma vez foi julgado pelo trabalho que exerceu?» ………………………………………………………… Pág.7 d) Opinião dos inquiridos sobre os tópicos mais importantes para a dignidade no trabalho ……………… Pág.8 4. Encíclica Laborem Exercens ……………………………………………………………... Pág.9 5. Direitos edeveres do trabalhador ……………………………………………………. Pág.11 6. Conclusão ………………………………………………………………………………………… Pág.14 7. Bibliografia ………………………………………………………………………………………. Pág.15

3

Introdução: Pode dizer-se que a dignidade no trabalho tem duas fontes: da pessoa que trabalha e das características do próprio trabalho. Um dos princípios fundamentais da doutrina social da Igreja recorda que a dignidade dotrabalho decorre da dignidade da pessoa que trabalha e não o contrário. João Paulo II insistia bastante na prioridade da pessoa: “Embora seja verdade que o homem está destinado e é chamado ao trabalho, contudo, antes de mais nada o trabalho é „para o homem‟ e não o homem „para o trabalho‟ (pelo) que cada trabalho se mede sobretudo pelo padrão da dignidade do sujeito do trabalho, isto é, da pessoa,do homem que o executa”. Assim, este trabalho parte do conceito da dignidade no trabalho; utiliza referências como estatísticas e Encíclicas, para de uma forma simples poder articular uma reflexão sobre os diferentes aspectos que enquadram o trabalho do Homem.

A realização de um pequeno inquérito, para uma melhor compreensão do tema em questão, contou uma amostra aleatória de 23 pessoas, comidades compreendidas entre os 24 anos e os 52 anos, sendo 10 dos inquiridoss ao inquérito do sexo masculino.

4

O Trabalho Actualmente, ao invés de sucessivos avanços, o trabalho tem sofrido retrocessos, pela ganância do lucro fácil, sem responsabilidade social. Mesmo em países considerados «Um Mundo», como a França, saíram notícias que informaram o Mundo q trabalhadores da Renaut se suicidarampor terem demasiada pressão para o comprimento de metas e aumento da lucratividade. Também no Brasil, saíram notícias a informar da existência de funcionários que trabalhavam ate 25h seguidas, até duas vezes por semana. Nos últimos anos, surgiu um modelo de economia de mercado com a prevalência da procura do lucro a qualquer custo sem responsabilidade social: «Aumento da produtividade,maximização dos lucros e ao menor custo operacional possível». Na prática, a adopção desta política tem sido responsável por práticas já conhecidas e que «praticam» os despedimentos. O referido modelo conta com: - Apoio da utilização de máquinas em substituição da mão humana; - A adopção de uma política de recursos humanos que não leva em conta a dignidade humana e do trabalho e voltado para o lucro, na basede maior lucratividade e produtividade e o menor custo possível, sem qualquer compromisso com a vida, com a dignidade; - A submissão do Homem como mero custo de produção (mercadoria) a condições de vida e de trabalho degradantes, onde o trabalhador ao invés de encontrar no trabalho a dignidade, acaba por encontrar a própria morte, por não lhe ser assegurado um ambiente de trabalho equilibrado,livre de acidentes. Segundo o estudo feito concluí que:

«Avalie a sua satisfação com o seu actual trabalho»
Fraca Satisfatória Muito Satisfatória

-9% Dos inquiridos sentem uma satisfação fraca com o seu trabalho; -35% Sentem-se muito satisfeitos (as); - 56% Sentem-se apenas satisfeitos.

35%

9% 56%

Fig.2- Satisfação com o trabalho actual 5

A Dignidade no Trabalho Se olharmos à...
tracking img