Dificuldades no processo de ensino aprendizagem de quimica nas extensões de matriculas no ensino médio de quiterianopolis/ce.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC

INSTITUTO UFC VIRTUAL

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA







ALUNO: MARCOS ANTONIO DA MOTA











DIFICULDADES NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE QUIMICA NAS EXTENSÕES DE MATRICULAS NO ENSINO MÉDIO DE QUITERIANOPOLIS/CE.













QUITERIANOPOLIS-CEARÁDIFICULDADES NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE QUIMICA NAS EXTENSÕES DE MATRICULAS NO ENSINO MÉDIO DE QUITERIANOPOLIS/CE.







Este trabalho consiste em projeto de pesquisa apresentado pelo o aluno Marcos Antonio da Mota a disciplina de Monografia, no curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal do Ceará.PROFªORIENTADORA: Katiane Queiroz da Silva









Quiterianopolis-CEARá



[pic]

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC

INSTITUTO UFC VIRTUAL

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

TÍTULO: DIFICULDADES NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE QUIMICA NAS EXTENSÕES DE MATRICULAS NO ENSINO MÉDIO DEQUITERIANOPOLIS/CE.

AUTOR: Marcos Antonio da Mota

Aprovado em: / /2013





BANCA EXAMINADORA



















QUITERIANOPOLIS-CEARÁ

DEDICATORIA













































AGRADECIMENTOS













































RESUMOSUMARIO

LISTA DE ABREVIATURAS E/OU SIMBOLOS

LISTA DE FIGURAS, QUADROS E TABELAS

1.INTRODUÇÃO

2.OBJETIVOS

3.REFERENCIAL TEORICO

4.METODOLOGIA

5.RESULTADOS E DISCUSSÕES DA MONOGRAFIA

6.CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERENCIAS

APENDICES/ANEXOS

























1.INTRODUÇÃO



De acordo com as orientações curriculares para o ensino médio (2008) a importância da área de ciências da natureza, matemática e suas tecnologias no desenvolvimento intelectual do estudante do ensino médio estão na qualidade e não na quantidade de conceitos, aos quais se busca dar significados nos quatro componentes curriculares: Física, Química. Biologia e Matemática. Assimcada componente tem sua razão de ser, seu objeto de estudo, seu sistema de conceitos, seus procedimentos metodológicos, sempre associados aos valores que num conjunto corresponde às produções humanas na busca da compreensão da natureza e suas transformações, e, até mesmo do próprio ser humano e suas ações.

Nesse sentido, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s) de Química no ensinomédio deixa claro que as ciências que compõem a área tenham em comum a investigação sobre a natureza e o desenvolvimento tecnológico e é com ela que a escola compartilha e articula linguagens que compõem cada cultura cientifica, estabelecendo medições capazes de produzir o conhecimento escolar na inter-relação dinâmica de conceitos do cotidiano e científicos e diversificados, incluindo o universocultural da ciência Química.

Apesar dessas orientações curriculares nacionais, o ensino em Química transformou-se em uma preocupação nos últimos anos, tendo em vista que hoje além das dificuldades apresentadas pelos os alunos em aprender Química, muitos não sabem o motivo pelo o qual estudam esta disciplina, visto que nem sempre esse conhecimento é transmitido de maneira que o aluno possaentender sua importância (MIRANDA; COSTA, 2007).

No ensino de Química normal os alunos contam com um laboratório de Química, e com professores capazes de ministrar aulas bem sucedidas, mais mesmo assim, ainda é grande o numero de escolas que não tem laboratórios, ou que os professores não utilizam em suas metodologias, já nas escolas onde não há laboratório, o professor deverá fazer...
tracking img