Dificuldade de aprendizado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM NA LEITURA
Neste artigo serão abordadas as Dificuldades de Aprendizagem (DA) gerais e
específicas da leitura, fazendo uma revisão teórica do tema, que tem como
objectivo a sistematização dos tipos de problemas que podem surgir,
prejudicando o perfeito desenvolvimento desta competência.
No entanto, antes de iniciarmos o tema propriamente dito, pensamos serimportante abordar algumas ideias prévias fundamentais, para uma visão
integrada e alargada das dificuldades de aprendizagem na leitura.
Deste modo, as dificuldades de aprendizagem na leitura deverão ser
enquadradas no amplo tema que são as DA.
Quando reflectimos acerca do termo dificuldades, sugere-nos que se tratam de
“obstáculos, barreiras ou impedimentos, com que alguém se depara aotentar
realizar algo que deseja executar” (Rebelo, 1993:70).
Os estudos desenvolvidos sobre DA no âmbito das Ciências da Educação, da
Psicologia, da Psicolinguística e da Medicina têm contribuído, não só para o
esclarecimento de algumas questões como também para o avanço de novas
abordagens.
Neste sentido, as Ciências de Educação introduziram inovações nas práticas,
quanto às condições deavaliação, à adaptação de currículos tanto para alunos
sem dificuldades como com dificuldades. A Psicologia deu o seu contributo no
sentido de aprofundar os conhecimentos na área do desenvolvimento da
criança e das teorias da aprendizagem. Por outro lado, os estudos da
Psicolinguística vieram trazer noções mais concretas acerca do
desenvolvimento da linguagem, seus distúrbios eperturbações e meios de
avaliação. Por último, a Medicina, apresentou estudos comparativos
relativamente ao funcionamento cerebral, entre crianças com DA e crianças
sem DA (Rebelo, 1993).
As DA situam-se no grupo considerado como necessitado de condições
especiais de educação – NEE. Estas necessidades referem-se a problemas ou
distúrbios que afectam a aprendizagem do indivíduo, ao ponto de seremnecessárias algumas adaptações no ensino para que o aluno possa ver
diminuída a sua desvantagem (Brennan, 1988 cit. in Correia, 1999).De acordo com Correia & Martins (2000) podemos encontrar a aplicação do
termo DA em dois sentidos, o lato e o restrito.
No que diz respeito ao sentido lato, encontramos situações generalizadas de
carácter temporário ou permanente que influenciam osucesso escolar dos
alunos.
Quanto ao sentido restrito, referimos uma incapacidade ou uma disfunção que
compromete a aprendizagem numa ou mais áreas escolares valorizadas pelo
sistema educativo, podendo ainda focar a área sócio-emocional.
De acordo com Fonseca (1999a), uma criança com DA é uma criança que se
caracteriza por: 1) manifestar uma significativa discrepância entre o seu
potencialintelectual estimado e o seu actual nível de realização escolar; 2)
apresentar desordens básicas no processo de aprendizagem; 3) apresentar ou
não uma disfunção do sistema nervoso central (SNC); 4) não apresentar sinais
de debilidade mental, privação cultural, perturbações emocionais ou privação
sensorial (visual ou auditiva); 5) evidenciar dificuldades perceptivas,
disparidades emvários aspectos de comportamento e problemas no
processamento da informação, nos níveis receptivo, integrativo e expressivo.
Como tal, de acordo com Fonseca (1995), podemos encontrar: 1) perturbações
na linguagem visual receptiva, isto é, dificuldades na leitura; 2) perturbações na
linguagem visual expressiva, isto é, dificuldades na escrita; 3) perturbações na
linguagem quantitativa, isto é,dificuldades no raciocínio aritmético e suas
componentes.
Também Siegel (1999) sugere que o termo DA é um termo que se refere para
designar significativas dificuldades na leitura, na soletração, na aritmética e na
escrita, não estando ligado a perfis de inteligência.
De acordo com o National Joint Committee on Learning Disabilities (NJCLD),
representante de várias organizações que se...
tracking img