Diferenciar momocodiledonea e dicotiledonea

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução



A sistemática e a taxonomia vegetal tem por finalidade agrupar as plantas dentro de um sistema levando em consideração as suas características morfológicas, suas relações genéticas e sua ecologia que correspondem a identificação e nomenclatura dentro de um determinado sistema de classificação. Segundo JOLY (1993), as sistemática é a ciência que estuda aclassificação do vegetais sem colocá-los de forma ordenada. Taxononmia consiste em agrupar os vegetais de forma ordenada. O autor prefere utilizar o termo taxonomia por ser mais completo.
O Reino Plantae compreende vários vegetais, ordenados, um deles é a divisão Anthophyta, vulgarmente chadas de angiospermas que são plantas com raiz, caule, folha, flor, fruto e semente. As angiospermas sãosubdividas em duas classes: Monocotiledonea e Dicotiledonea.
A classe Monocotiledonea caracteriza-se pela presença de um cotilédone durante a germinação serve de órgão absorvente, transferindo as reservas para o embrião. Geralmente os caules e raízes não apresentam crescimento secundário. Os Vasos condutores acham-se dispersos no caule. A folha apresenta nervuras paralelas, a raiz éfasiculada e as folhas trímeras ou múltiplas de três.
A classe Dicotiledonea possui dois cotilédones, que servem como órgão de reserva da semente. Geralmente os caules e as raízes apresentam crescimento secundário em espessura. O crescimento em espessura é dado pela atividade de um meristema (câmbio) localizado no limite entre a região cortical e do cilindro central. Sua folha temnervuras reticuladas e raiz axial, suas flores são tetrâmeras ou pentâmeras.
A rosa sp, é geralmente provida de acúleos, tendo também muitas vezes pelos glandulares ao redor do pecíolo e cultivada principalmente em regiões de clima temperado. As rosas tem sido cultivadas desde épocas remotas, existem muitas lendas sobre a origem da roseira. Segundo uma delas, teria surgido do sangue devênus (mitologia grega). Os gregos empregavam em ritus sagrados, como a coroação dos deuses gregos. Na fase de decadência romana, difundiu-se extraordinariamente o uso da rosa, que se tornou a flor da luxúria por excelência. Nero fez recobrir de pétalas de rosa as águas do lago de Baia. Foi cultivada pelos antigos egípcios. Símbolo da beleza, da graça e do amor, considerada a rainha das flores, foicelebrada pelos poetas através dos tempos. O valioso óleo de pétalas de rosa, empregado sobretudo em perfumaria, é fabricado principalmente na Bulgária. Porém apenas um parte mínima de óleo de rosa legítimo é vendido no mercado, pois, o produto é frequentemente adulterado com óleo de gerânio (planta muito cultivada em jardins, porém, não é considerada ornamental), que apresenta aroma semelhante ao doóleo de rosa. A água que sobra da destilação do óleo constitui a chamada “água de rosas, empregada para diversos fins terapêuticos, inclusive como colírio. O óleo e outros produtos derivados da rosa são empregados para aromatizar doces, sorvetes, bebidas, etc. Em alguns países são bastante apreciados a geleia e outros doces de pétalas de rosa. Como flor de corte, a rosa tem sempre grande procurae é universalmente cultivada nos jardins. A rosa é considerada o labor ardente dos apaixonados.
O coqueiro da Bahia, Cocos nucifera, é uma palmeira típica de solos arenosos das costas dos países da zona tropical. Suas folhas penadas atingem 4 – 6m de comprimento. O seu fruto mostra boas adaptações para o transporte e a disseminação pelas águas do mar, as sementes do coqueiro sãocapazes de sustentar o transporte de uma costa do oceano para outra sem ficarem prejudicadas pela ação das águas. As árvores começam a frutificar com cinco anos de idade. Do coqueiro nada se perde: tudo se aproveita em natureza ou pela transformação industrial. O coco por si mesmo ótimo alimento. O endocarpo, conhecido vulgarmente como casca de coco é de cor escura. Serve para confecção de...
tracking img