Diferencas e preconceitos na escola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6320 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Diferenças e Preconceito na Escola: Alternativas Teóricas e Práticas
[pic]

Introdução
Este livro “Diferenças e Preconceito na Escola” reflete sobre o multiculturalismo, as diversidades e suas implicações na escola.
O mundo contemporâneo nos leva a refletir sobre questões presentes no nosso cotidiano como a globalização, mundialização e até a planetarização. Todos estes conceitos modernosvêm invadindo as sociedades mais complexas, atingindo de hábitos a sistemas financeiros, em países ligados à rede digital.

Diferenças e Preconceito na Escola
Os deficientes físicos já, por terem tal anormalidade em sua constituição, se vêem em situação prejudicada. A presença do preconceito na escola em relação a esses deficientes só faz aumentar sua deficiência, sua situação de desvantagem e seusentimento de incapacidade.
Acho que não é nem uma situação de preconceito somente, mas um despreparo para lidar com o novo, com o diferente, o incomum, porém isso, apesar de incomum, as crianças devem compreender que situações de deficiência são normais, infelizmente, ocorrem e devem ser vistas não com repulsa.
Do despreparo das crianças para lidar com o deficiente, nasce o preconceitopropriamente dito. Esse preconceito pode ser crucial na vida do deficiente, uma vez que tanta incompreensão e preconceito podem gerar uma outra deficiência: a cognitiva. O deficiente diante de tantos preconceitos pode se sentir incompetente, anormal e incapaz, limitando toda sua atuação na escola, prejudicando-o também psicologicamente.
A partir de mudança tecnológicas, a constituição da rede digital eo desdobramento dos seus usos, televisão, cinema, imprensa escrita, informática e telecomunicações veriam suas fronteiras se dissolverem quase que totalmente, em proveito da circulação, da mestiçagem, e da metamorfose das interfaces em um mesmo território cosmopolita. Tendo em vista que a diversidade cultural, que sempre existiu, se torna mais evidente na sociedade atual, faz-se necessário que aescola esteja atenta à proposta de trabalhar com um tema tão complexo, o multiculturalismo.[pic]
É por toda essa tecnologia e avanços que urge a superação desses preconceitos de que o livro organizado por Júlio Groppa fala. Parece que o mundo concreto evoluiu, entretanto, o mundo psicológico e de relações sociais não passou pelos mesmos avanços, pois vemos diariamente situações de preconceito quesó fazem os alunos regredirem e com isso, o mundo todo perde.
Em um mundo que rompe fronteiras, nota-se a necessidade do ser humano de identificar-se com um grupo, no qual o sentido de isolamento pertencente ao macro vá se diluindo e dê conforto aos indivíduos que mantém uma identidade cultural, uma tradição e uma história que lhes permita pertencer a esta nova realidade sendo sujeitos atuantesneste processo.
A sociedade globalizada é, por sua vez, instável; nela o sujeito-ator perde protagonismo e não encontra figuras emblemáticas com as quais se identificar, em companhia dos outros, além de beber as mesmas bebidas ou assistir aos mesmos filmes. Se compartilharmos cada vez menos significados, as comunidades de vida podem tender à fragmentação e a considerarem-se cada vez mais autônomasem relação umas às outras ficando como as únicas que resguardam seus membros da crise de sentido.
O homem é capaz de transformar a sociedade tendo como base a história de sua própria civilização, seu desenvolvimento, contradições e identidade cultural. Cabe à escola como instituição que produz e reproduz nossa sociedade, trazer para seu cotidiano o exercício de cidadania consciente em face dediversidade cultural.
Mudar mentalidades, superar o preconceito e combater atitudes discriminatórias são finalidades que envolvem lidar com valores de reconhecimento e respeito mútuo, o que é tarefa para a sociedade como um todo. A escola tem um papel crucial a desempenhar neste processo. Em primeiro lugar porque é espaço em que pode se dar à convivência entre crianças de origens e nível...
tracking img